Gripe, resfriado e dengue: quais as diferenças

Logo na chegada do outono e aproximação do inverno, é comum aparecerem os sintomas como dor de cabeça, febre, dor muscular e cansaço. Claro…

Logo na chegada do outono e aproximação do inverno, é comum aparecerem os sintomas como dor de cabeça, febre, dor muscular e cansaço. Claro que muitos já sabem que estes sinais não são nada bons, mais a questão é que os mesmos só começam a aparecer em pessoas que ficam em locais fechados e abafados. Na hora de investigar a causa do problema, surgem dúvidas como: será que é gripe, resfriado ou dengue? Saiba mais sobre o assunto e veja quais as diferenças entre gripe, resfriado e dengue.

Diferenças entre gripe, resfriado e dengue

Segundo especialistas, quando se é resfriado, é possível identificar o mesmo, pois este atinge principalmente as vias aéreas superiores (nariz, faringe e laringe) e raramente provoca febre. Quando se trata da gripe, é possível saber a origem da mesma, pois esta pode atingir as vias aéreas inferiores (traqueia, pulmões, brônquios, bronquíolos e alvéolos).

Já a dengue se manifesta através de sintomas por todo o corpo, mas não há comprometimento do sistema respiratório como tosse, dor de garganta, coriza e catarro. Os demais sintomas dessa doença podem ser ainda mais severos, dependendo da imunidade da pessoa, da idade e exposição ao vírus.

Sintomas da gripe, resfriado e da dengue

No caso da dengue, se o individuo já teve contato com um sorotipo, pode apresentar sintomas ainda mais fortes ao se infectar por um dos outros três. Vale salientar, que durante o período de inverno, os casos de dengue costumam diminuir, já que o mosquito Aedes aegypti precisa de calor e umidade para se proliferar.

Já os sintomas do resfriado acontecem entre 2 ou 3 dias após o contato com o vírus, embora esse período possa demorar até uma semana. Vale ressaltar, que os sintomas afetam mais o nariz. E os mais comuns são: Congestão nasal, secreções nasais, garganta irritada, tosse e espirros.

Leia Também:  Coleção de esmaltes Nail Enamel Revlon

A gripe já é transmitida pelo vírus influenza A, B ou C. É preciso salientar que todas as vezes que o indivíduo é exposto a um tipo de vírus, fica imune a ele. Porém, o problema é que esses microrganismos sofrem mutações rapidamente, gerando uma quantidade grande de vírus diferentes, fazendo com que uma pessoa sofra gripes ou resfriados várias vezes ao longo da vida.

Os sintomas comuns ao resfriado, à gripe e à dengue surgem de forma menos intensa no resfriado, moderada na gripe e severa na dengue. Além disso, é muito difícil diferenciar os sintomas de uma gripe comum com o de uma mais grave como a H1N1. Sendo assim, a melhor forma de se prevenir é tomando a vacina anualmente que protege contra os três tipos de influenza que mais causam problemas e complicações.

gripe, o resfriado e a dengue apresentam alguns sintomas em comum. Entretanto, elas possuem diferenças na intensidade e qualidade de algumas manifestações. É importante ficar atento para os sinais de complicações quando a pessoa já está com o problema. Caso existam dúvidas em relação ao diagnóstico, o mais indicado é procurar o médico para avaliar o caso e dar início ao tratamento com medicamentos.

Se desejar, confira também os seguintes artigos:

Resfriado Gripe ou Alergia?

Gripe: mitos e verdades

Gripe: Sintomas Da H1N1

Gripe A: sintomas, cuidados e tratamento

 

 

Top