domingo, 27 de novembro de 2022 - 27/11/2022 13:13:29
MundodasTribos

Você já sofreu com enxaqueca? Esse tipo de dor de cabeça pode ser muito incômodo e prejudicar as atividades da rotina. Leia a matéria para entender os perigos e tratamentos.

A enxaqueca é muito mais do que uma simples dor de cabeça. (Foto Ilustrativa)

A enxaqueca é muito mais do que uma simples dor de cabeça. (Foto Ilustrativa)

A enxaqueca é um problema de saúde que afeta homens e mulheres, com diferentes idades. Também conhecida como cefaleia, ela tem como principal característica uma dor pulsátil, que acomete os lados da cabeça.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a enxaqueca afeta de 5 a 25% das mulheres. Entre os homens, o problema é um pouco menos frequente, já que se manifesta de 2 a 10%. Com relação à idade, esse tipo de dor de cabeça é mais comum entre pessoas na faixa de 25 a 45 anos de idade.

O que este artigo aborda:

Causas e sintomas da enxaqueca

Os médicos ainda desconhecem as causas exatas da enxaqueca, contudo, acredita-se que o problema está relacionado à histórico genético e alterações no cérebro. Sabe-se, ainda, que existem alguns gatilhos que levam a uma crise de enxaqueca, como como é o caso do estresse, jejum, esforço físico, luzes e sons intensos, uso excessivo de medicamentos e insônia.

Os sintomas de enxaqueca variam de uma pessoa para a outra. Em geral, esse problema se manifesta com problemas de concentração, dores de cabeça, sensibilidade ao som, sensibilidade a luz, alteração de apetite, tontura, fadiga, formigamento, dormência e irritabilidade. Em alguns casos, pode acontecer crises de vômito e náuseas.

Além da dor nos lados da cabeça, a pessoa sofre com sensibilidade a luz e som. (Foto Ilustrativa)

Além da dor nos lados da cabeça, a pessoa sofre com sensibilidade a luz e som. (Foto Ilustrativa)

Perigos da enxaqueca

Muito tem se falado a respeito dos perigos que a enxaqueca representa para a saúde. Esse problema, quando não recebe a atenção que merece, pode evoluir para um quadro mais sério e triplicar as chances de doenças graves.

Diversas pesquisas já foram realizadas com o objetivo de investigar o impacto da enxaqueca no cérebro. Os cientistas descobriram que essa doença crônica pode ser um fator de risco para muitas enfermidades, como é o caso do acidente vascular cerebral (AVC). Também desencadeia pequenas lesões cerebrais, atrofias e perda de neurônios.

A enxaqueca também aumenta o risco de doenças cardiovasculares, especialmente quando associada ao tabagismo, a hipertensão e à obesidade.

Tratamentos para enxaqueca

Somente o médico tem condições de receitar medicamentos apropriados. (Foto Ilustrativa)

Somente o médico tem condições de receitar medicamentos apropriados. (Foto Ilustrativa)

Quem sofre com enxaqueca não deve recorrer a automedicação. O recomendado é procurar um médico para fazer um diagnóstico preciso e obter uma indicação de tratamento. O especialista provavelmente vai receitar um remédio para prevenir as crises. Os medicamentos mais usados são: Amato, Buscofem, Dorflex, Doril Enxaqueca e Cefaliv.

Conviver com a enxaqueca não é nada fácil, por isso algumas dicas fazem toda a diferença. As pessoas diagnosticadas com esse problema devem tomar corretamente o remédio, aliviar as dores com acupuntura, beber bastante água, manter uma alimentação saudável e descansar em local silencioso.

 

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Isabella Moretti

Publicitária, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira

1

Pode ser do seu interesse

Descubra quais as castanhas que fazem bem à saúde

Descubra quais as castanhas que fazem bem à saúde

Odontomóvel – Tratamento Odontológico Grátis BA, DF, SC, CE, SP, RJ

Odontomóvel – Tratamento Odontológico Grátis BA, DF, SC, CE, SP, RJ

Como ter uma boa noite de sono

Como ter uma boa noite de sono

Alimentos Para Sua Dieta Diária

Alimentos Para Sua Dieta Diária

Como Ganhar Peso em Poucos Dias

Como Ganhar Peso em Poucos Dias

Alimentos que constroem músculos

Alimentos que constroem músculos