Diferença entre FIES e Prouni – Requisitos e Como funciona

O Fies (Financiamento Estudantil e o ProUni (Programa Universidade Para Todos) são programas do Governo para auxílio ao acesso de estudantes ao ensino superior.…

O Fies (Financiamento Estudantil e o ProUni (Programa Universidade Para Todos) são programas do Governo para auxílio ao acesso de estudantes ao ensino superior. No entanto, seu público e a forma como funcionam são bastante diferentes. No caso do FIES consiste no empréstimo estudantil para parcelamento das mensalidades após já estar inserido no mercado de trabalho. Já o Prouni é destinado aos estudantes de baixa renda, no objetivo de democratizar o acesso à graduação no país.

Para saber qual é a melhor opção de concorrência para você, confira abaixo quais são os requisitos e diferenças entre cada um dos programas pensados para as instituições públicas de ensino.

Fies – Como funciona e requisitos

O FIES é um financiamento estudantil que antecipa o pagamento da faculdade por você (o financiamento pode ser de 50%, 75% ou 100% do curso), assim você pode estudar e pagar apenas uma parte do valor total do curso, depois da formatura, quando normalmente se consegue um bom emprego e a renda aumenta, você pode quitar o valor restante.

Atualmente são três modalidades de financiamento, com diferentes taxas de juros (de 0% a 3,4%) e a modalidade de Fies empresa para quem já está inserido no mercado de trabalho. Durante o curso as únicas parcelas a ser pagas são cobradas a cada fim de semestre (duas vezes ao ano) no valor de R$ 50,00 correspondente aos juros do empréstimo (se houver). Depois de formado, há um período de carência de até 18 meses para começar a pagar. O saldo devedor pode ser quitado no dobro do tempo utilizado para realização do curso acrescido de 12 meses.

Para entrar no programa não é preciso estar no início do ano, pode ser em qualquer época, porém é necessário preencher alguns requisitos de renda (não pode ultrapassar renda familiar de cinco salários mínimos por pessoa), ter pontuação acima de 450 pontos no exame nacional do ensino médio (ENEM) e não pode ter tirado zero na redação. Para fazer a inscrição é preciso ter em mãos o comprovante de pré-matrícula na universidade que deseja se filiar. Confira aqui o passo a passo do cadastro FIES. 

É possível simular o valor da parcela no site informatizado de informação do programa no http://sisfiesportal.mec.gov.br.

Com as condições do programa ele acaba sendo destinado para os estudantes que não conseguem pagar os valores durante a faculdade ou não obtiveram nota suficiente para conseguir concorrer via Prouni – o qual tem o publico-alvo alunos inseridos em famílias de baixa renda. Já falamos antes no site sobre possibilidades de financiamento de universidade. 

prouni e fies

ProUni – como funciona e requisitos

O ProUni é ainda mais vantajoso pois funciona como uma bolsa de estudos concedida pelo Governo, com desconto de 50% e 100% em universidades particulares. Para conseguir entrar no Programa é necessário ter a nota do Enem com pontuação maior que 400 pontos e uma renda familiar de até um salário mínimo e meio (para quem quiser a bolsa integral de estudos) e renda familiar de três salários mínimos (para conseguir a bolsa de estudos de 50% do valor total).

Além disso, outro requisito é que o aluno tenha estudado em estudado em escola pública (quem estudou em escola particular precisa comprovar que tinha bolsa integral), ser uma pessoa com deficiência ou professor de ensino básico da rede pública. Para conseguir manter o benefício será preciso comprovar a baixa renda – no caso, a renda familiar bruta per capita mensal não poderá ser superior a até 3 salários mínimos. Também valem as restrições do ENEM : ter tirado mais de 450 pontos e não pode ter tirado zero na redação.

Um detalhe importante é que não se perde a bolsa se você trocar de curso, universidade ou mesmo o turno de estudo. Para tirar todas as dúvidas e conferir mais informações sobre o ProUni, acesse o site do programa, lá você encontra todos os requisitos,  etapas de inscrição e adesão ao programa e condições de quem quer entrar no Programa. Confira aqui o passo a passo da inscrição Prouni.






Top