Truques para parar de roer unhas

Muitas pessoas sofrem com o vício de roer as unhas. As mãos ficam feias e acabam até mesmo despertando o nojo de outras pessoas.…

Por Editorial MDT em 29/01/2013

Muitas pessoas sofrem com o vício de roer as unhas. As mãos ficam feias e acabam até mesmo despertando o nojo de outras pessoas. Ter as unhas bonitas e bem feitas é uma demonstração de vaidade e cuidado com a aparência. Não é à toa que em muitas espécies de entrevistas de avaliação, por exemplo, o entrevistador analisa o aspecto das mãos do entrevistado, pois isso também é uma forma de constatar o desleixo do candidato, em linhas gerais. Porém, também é fato que muitas pessoas são dedicadas, vaidosas e até meio perfeccionistas, mas não conseguem parar de roer as unhas.

As crianças podem imitar os adultos ou serem roedoras natas (Foto: Divulgação)

Quem tem o hábito de roer as unhas sabe o quanto isso é constrangedor e sofrido. Existe, sempre, a vergonha, pois sabe-se que todos ao redor irão fazer o seu julgamento, enquanto observam o estado deplorável em que ficam as mãos com unhas roídas. Além disso, o vício destrói as pontas dos dedos, com sangramentos e inflamações. Isso tudo sem contar os riscos à saúde, já que as mãos entram em contato com muitas bactérias, que a pessoa leva até a boca. Este último aspecto do hábito é ainda pior para as crianças, que costumam não ter muita consciência da higiene. É preciso pensar no que realmente significa esse vício e partir para a tentativa de vencê-lo. Também é necessário associar ações que possam contribuir com o abandono do hábito. Existem truques para parar de roer as unhas que, geralmente, são muito eficazes.

Por que alguém rói unhas

Insegurança, ansiedade e angústia estão entre as causas do hábito (Foto: Divulgação)

Segundo o que psicólogos dizem, o ato de roer unhas está diretamente ligado a fatores psicológicos. O vício demonstra um estado de angústia ou ansiedade (que pode ser passageiro ou não), como também de extrema insegurança. É quase certo que um roedor nato seja bastante inseguro. Em outras definições, o hábito é uma demonstração inconsciente de autodestruição. Por outro lado, existem crianças que, ao observarem os pais roendo as unhas, acabam por imitá-los. De qualquer forma, uma pessoa que observa, constantemente, a destruição de suas mãos, mas não consegue deixar de roer unhas, sendo sempre vencida pelo vício, necessita descobrir as causas deste vício. Portanto, em primeiro lugar, deve vir um tratamento psicológico.

Truques para não roer as unhas

A primeira atitude válida é manter, sempre, as unhas cuidadas. Mesmo que estejam curtas e tortas, é preciso passar base fortificante ou esmalte bem suave. Assim, a pessoa acaba tendo pena de estragá-las. Outras opções são os esmaltes de gosto ruim, próprios para quem rói unhas. Eles ajudam a fortalecê-las, enquanto “lembram” a pessoa do ato feio, pois muitos fazem isso, automaticamente, sem perceber. Ainda neste sentido, vale a pena investir em produtos e objetos para uso pessoal, como alicates, lixas, fortalecedores ou cremes para mãos. Aprenda a usá-los ou leve-os à manicure. O investimento financeiro numa meta tende a fazer com que a pessoa pense melhor, antes de desperdiçá-lo.

Manter as unhas bem cuidadas é um ponto de partida para abandonar o vício, pois quando elas estão feridas, não se perde nada, roendo-as (Foto: Divulgação)

Caso a pessoa não tenha paciência para esperar, o truque é usar as famosas unhas postiças, mas não de forma radical. Pode-se colá-las e lixá-las, para que fiquem com um tamanho não muito chocante, pois a pessoa que rói unhas precisa se acostumar à sua nova realidade (ter unhas, ainda que falsas). Fazendo isso, quando mal perceber, o roedor verá suas unhas reais maiores e irá querer mantê-las. É bom carregar sempre uma cola, durante essa fase. Assim, se uma unha descolar, não se rende à tentação de arrancar todas as outras e roer as unhas de baixo. Da mesma forma, quando as unhas estiverem maiores, deve-se carregar lixas, pois quando alguma delas quebrar, a vontade de deixar as outras iguais, roendo-as, será muito grande.

Com paciência e, se possível, acompanhamento psicológico, é possível parar de roer as unhas e ter mãos bonitas e bem cuidadas.

Conheça os males deste vício: Roer unha: perigos, como evitar

Veja alguns famosos que têm este hábito: Famosos que roem unhas

Top