Punições torcida do Corinthians – Conheça os resultados

Na última quinta-feira (21), o Conmebol comunicou que o Corinthians terá que jogar sem torcida até que o processo sobre a morte do torcedor…

Na última quinta-feira (21), o Conmebol comunicou que o Corinthians terá que jogar sem torcida até que o processo sobre a morte do torcedor boliviano seja julgado. O advogado que responde pela ‘Gaviões da Fiel’, no entanto, irá recorrer à decisão.

Até a resolução do caso, torcedores do Corinthians não serão aceitos nos estádios. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Torcida do Timão já adquiriu mais de 60 mil ingressos

A morte do torcedor boliviano

No dia 20 de fevereiro, o Corinthians estava disputando uma partida com o San José na cidade de Oruro, na Bolívia. Tudo corria bem, até que um torcedor do time boliviano foi atingido por um sinalizador e morreu a caminho do hospital. O artefato, lançado pela torcida do Corinthians, atravessou o crânio de Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, como se fosse um tiro.

Segundo a polícia boliviana, a autopsia realizada no corpo do torcedor do San José revelou que a morte foi causada pela explosão de um artefato que não é comercializado na Bolívia.

Doze corintianos foram detidos no estádio Jesus Bermudez e estão presos. Eles serão indiciados por homicídio. De acordo com a perícia, o sinalizador que matou Douglas é igual aos artefatos apreendidos com dois torcedores do timão. O crime de homicídio na Bolívia pode resultar em pena de 5 a 20 anos de prisão. O fato da vítima ser menor de idade não representa um agravante para o caso.

Os possíveis culpados não confessaram o crime. Eles alegaram que o verdadeiro responsável pelo sinalizador não foi preso e já retornou ao Brasil.

Torcedor boliviano morto por sinalizador. (Foto:Divulgação)

Punição à torcida do Corinthians

A decisão do Conmebol de que o Corinthians só poderá jogar com o estádio vazio está sendo muito criticada. Em nota oficial, o clube de futebol declarou que a medida é injusta e está prejudicando inocentes.

Leia Também:  Com gols, Deivid vai conquistando o coração dos exigentes flamenguistas

O Conmebol vetou a entrada dos torcedores da ‘Gaviões da Fiel’ em jogos da Libertadores por até 60 dias. Assim, o Corinthians terá que devolver o dinheiro dos ingressos de 80 mil pessoas, que compraram as entradas de forma antecipada.

A Diretoria do Corinthians que confia na Justiça, no bom senso do Conmebol e no trabalho dos órgãos disciplinares, mas vai recorrer à punição para que os torcedores inocentes não sejam prejudicados.

Os torcedores do Timão que compraram ingressos antecipados para os jogos da Libertadores 2013 não devem se desesperar. A Diretoria acredita na reforma da pena e pediu para que todos esperem até a próxima quarta-feira (27), quando novas informações serão divulgadas.

Ricardo Cabral, advogado do Corinthians. (Foto:Divulgação)

Ricardo Cabral, advogado do Corinthians, está à procura do verdadeiro culpado pelo ataque ao torcedor boliviano. Se a identidade do autor do fato for revelada e o crime confessado, provavelmente o clube ficará livre da punição.

O verdadeiro culpado

Na tarde desta segunda-feira (25), um jovem de 17 anos com as iniciais H. A. M. assumirá a responsabilidade do disparo do sinalizador que matou Douglas Beltrán Espada. Se tudo correr como a defesa do time prevê, a nação corintiana poderá voltar a assistir ao jogo da Libertadores de quarta-feira.

Veja também: Corinthians conquista título de campeão mundial 2012

Top