Neymar e Borges marcam e Santos vence o Vasco, na Vila Belmiro

O Santos contou com mais uma boa exibição de sua dupla de ataque para derrotar o Vasco por 2 a 0, na Vila Belmiro,…

Dupla de ataque santista brilha novamente e garante os três pontos ao Peixe

O Santos contou com mais uma boa exibição de sua dupla de ataque para derrotar o Vasco por 2 a 0, na Vila Belmiro, e impedir que a equipe carioca chegasse à liderança do Brasileirão.

No retorno de Paulo Henrique Ganso aos gramados, quem roubou a cena foram os atacantes Neymar e Borges, autores dos gols da vitória santista. No começo do jogo, o camisa 11 colocou o Peixe em vantagem no placar, com um gol de falta. No segundo tempo, Borges marcou seu 23º gol no Brasileirão e, de quebra, se tornou o maior goleador do Santos em uma mesma edição do Campeonato Brasileiro.

Pouco inspirada, a equipe vascaína não conseguiu reverter o resultado e perdeu a chance de assumir a ponta do Brasileirão.

Neymar coloca o Santos na frente logo de cara

O jogo na Vila Belmiro começou com o menino Neymar fazendo suas travessuras. Logo aos três minutos, o camisa 11 puxou rápido contra-ataque pelo lado esquerdo e só foi parado, próximo à área, com falta. Na cobrança, o próprio Neymar bateu forte na direção do gol, o zagueiro Renato Silva resvalou na bola e tirou Fernando Prass da jogada: 1 a 0 Santos.

O gol sofrido logo de cara abateu a equipe vascaína, que errava muitos passes no meio de campo. Rápido na troca de passes, o ataque santista envolvia facilmente o sistema de marcação da equipe carioca.
Somente aos 12, o Vasco conseguiu assustar. Juninho bateu escanteio na área, Diego Souza se antecipou à zaga, cabeceou e o goleiro Rafael espalmou para a linha de fundo.

A partir dos 15 minutos, o jogo ficou bastante equilibrado. O Vasco investia mais nas descidas pelos lados do campo na tentativa de chegar ao gol de empate. Por sua vez, a equipe santista adotou uma postura um pouco mais retraída, apostando nos contra-ataques puxados por Arouca e Neymar.

Leia Também:  Após vitória do Corinthians Tite afirma não estar nada ganho

Aos 32, o Vasco voltou a ameaçar, com Juninho. O Reizinho cobrou falta de longe, com força, e o goleiro Rafael espalmou para escanteio. Na sequencia, a dupla Ganso e Neymar funcionou pela primeira vez na partida. Os dois tabelaram na entrada da área, Ganso rolou para Neymar finalizar e Fernando Prass defender.

Pelos lados do Vasco, Diego Souza aparecia bem para o jogo, mas sentia a falta de um companheiro para trocar passes na frente. Em vantagem no placar, o Santos atuou tranquilo durante toda a primeira etapa e teve competência para neutralizar as investidas do ataque vascaíno.

Tranquilo, Santos mata o jogo com Borges

A segunda etapa começou com o Vasco partindo para cima na busca do gol de empate. O problema é que a equipe carioca oferecia espaços para o rápido ataque santista. Aos oito, o Peixe teve tudo para ampliar. Neymar recebeu sozinho pelo lado direito, invadiu a área, fintou Fernando Prass e rolou para Borges na marca do pênalti. Porém, o goleador pegou fraco na bola e mandou em cima do zagueiro.

O Santos continuava mais perigoso no jogo. Cinco minutos depois, Neymar rolou para Danilo, que soltou a bomba para mais uma boa defesa de Fernando Prass.

Neymar continuava sobrando em campo. Com extrema qualidade, o craque santista partiu para cima de Renato Silva, deu um drible desconcertante no zagueiro e rolou para Ganso, sozinho, encher o pé por cima do gol.

Com dificuldades para entrar na área do Peixe, o Vasco recorreu à bola parada de Juninho para ameaçar a defesa santista. Aos 21, Juninho bateu falta da entrada da área e a bola passou rente à trave do gol de Rafael.

Com o domínio do jogo, o Santos usou sua melhor arma no jogo para ampliar, aos 26, com um golaço de Borges. Adriano deixou para Neymar no meio de campo, o camisa 11 serviu Borges na entrada da área, que soltou o pé no ângulo esquerdo do gol de Fernando Prass: 2 a 0 Santos. Borges chegou ao seu 23º gol no Brasileirão, disparando ainda mais na artilharia da competição.

Leia Também:  Derrota faz Flamengo deixar o título de lado

Depois do segundo gol do Peixe, o Vasco continuou errando passes e não teve forças para reverter o placar.

Top