Principais causas da impotência masculina Principais causas da impotência masculina

Principais causas da impotência masculina

Conhecer as principais causas da impotência masculina é o primeiro passo para tratar e eliminar esse problema que costuma assombrar homens de todas as…

Por Andre em 04/12/2014

Conhecer as principais causas da impotência masculina é o primeiro passo para tratar e eliminar esse problema que costuma assombrar homens de todas as faixas etárias, desde os mais jovens até os de idades mais elevadas.

Principais causas da impotência masculina (Foto: Divulgação)

Também conhecida como disfunção erétil, a impotência nos homens consiste na incapacidade de iniciar e de manter uma ereção em pelo menos 50% das tentativas, durante a relação sexual, impedindo a satisfação com o ato.

Entre os sintomas da impotência masculina, podemos destacar sinais referentes ao órgão masculino, como redução do tamanho e da rigidez, deformação, atrofia e ausência testicular. Distúrbio das funções do sistema nervoso, redução dos pelos corporais e doença vascular periférica são outros sinais do problema.

Mitos e verdades sobre impotência sexual

Impotência sexual: soluções caseiras

Principais causas da impotência masculina

O stress e outros problemas emocionais estão entre os principais causadores da disfunção (Foto: Divulgação)

Uma das principais causas da disfunção erétil está relacionada a problemas emocionais, stress e distúrbios psicológicos, que são responsáveis pela maioria dos casos, de acordo com médicos e especialistas na área. Ou seja, a emoção está relacionada a uma boa parte das situações da impotência masculina.

Homens que atravessam um mau momento na vida ou que passaram por situações de risco recentemente, além daqueles que sofrem com ansiedade, por exemplo, estão sujeitos a sofrerem com o problema da disfunção.

O alcoolismo é outro responsável pelo problema (Foto: Divulgação)

Além dessas, outras causas da impotência são:

– Doenças vasculares, responsáveis por entupir artérias e veias, prejudicando a chegada do sangue ao órgão masculino.

– Doenças neurológicas (mal de Alzheimer, Parkinson, lesões na medula).

– Tabagismo.

– Alcoolismo.

– Consumo excessivo de determinados medicamentos.

– Doenças hormonais (queda de testosterona, diabetes, problemas endócrinos, etc).

Tratamentos para a impotência masculina

A impotência pode ser um sério problema para o casal (Foto: Divulgação)

Os tratamentos para impotência masculina variam de acordo com as causas do problema e o estilo de vida do indivíduo. O primeiro passo é procurar um médico, que poderá solicitar exames para detectar o problema.

Diagnosticada a disfunção, o tratamento pode incluir o uso de medicamentos por via oral, medicação injetável (aplicada antes da relação), prótese, géis e cremes de enrijecimento e até psicoterapia, se for o caso, entre outras alternativas.

Top