Distúrbios do sono em crianças: causas

Os distúrbios do sono em crianças são problemas frequentes e é bastante comum encontrar pais preocupados com a boa noite de sono dos filhos.…

Por Editorial MDT em 22/01/2013

Os distúrbios do sono em crianças são problemas frequentes e é bastante comum encontrar pais preocupados com a boa noite de sono dos filhos. É importante saber que alguns problemas de saúde podem se manifestar com alterações do padrão do sono, mas a maioria desse tipo de distúrbio representa apenas uma fase transitória de amadurecimento das funções orgânicas, tendendo a desaparecer com o tempo. Fique por dentro do assunto e conheça a causa dos principais distúrbios do sono em crianças.

Conheça os principais distúrbios infantis do sono e saiba o que fazer. (Foto: divulgação)

☰ CONTEÚDO

Terror noturno

É um dos distúrbios mais frequentes, afetando até 15% das crianças entre 4 e 7 anos e é o resultado da imaturidade do sono. Geralmente esse problema costuma deixar os pais super assustados, pois a criança acorda aos gritos, em pânico, confusa e chorando muito. O terror noturno costuma acontecer sempre no mesmo horário, depois do mesmo espaço de tempo entre o dormir e o acordar em pânico.

Uma boa dica para controlar o terror noturno é acordar a criança alguns minutos antes do horário em que sofre os ataques, deixando que depois ela durma normalmente. Segundo os médicos, essa medida é suficiente para normalizar o sono dentro de uma semana.

Entenda o que fazer com crianças com terror noturno.

Sonambulismo

O sonambulismo é tema frequente de filmes e desenhos animados, mas na vida real esse problema afeta 3% da população entre 3 e 19 anos, sendo que metade desses pacientes conversam e andam pela casa. Esse distúrbio pode ser muito perigoso, pois algumas crianças são capazes de abrir portas e sair de casa. É fundamental que os pais tornem o ambiente o mais seguro possível, tirando as chaves da porta e fechando bem as janelas.

Diferente do que é dito na ficção, acordar um sonâmbulo não coloca sua vida em risco, porém, devido ao fato da criança acordar desorientada e agitada, é mais recomendado tentar levá-la de volta para cama, sem despertá-la. Esse problema também é resultado da imaturidade do sono e desaparece com o avançar da idade.

Fique por dentro das causas e do tratamento para o sonambulismo.

O sonambulismo tende a desaparecer com o avançar da idade. (Foto: divulgação)

Enurese noturna

A enurese noturna é conhecida como o famoso “xixi na cama”. É um problema que afeta bastante a qualidade do sono, além de ser muito comum. É o resultado do desfraldamento precoce do bebê, que normalmente acontece entre um ano e um ano e meio, mas que pode ser mais tardio em algumas crianças, que simplesmente não conseguem controlar a vontade de urinar. O ideal é que a mãe considere o desfraldamento a partir do momento em que a criança já consiga avisar que precisa ir ao banheiro.

Saiba qual o tratamento para enurese noturna.

Apneia e ronco

Os roncos, que podem ser acompanhados da apneia do sono, não são problemas exclusivos de adultos. Um estudo realizado em crianças do ensino fundamental constatou que 25% sofriam de apneia leve, e 1% delas apresentava casos mais severos. Essa doença cursa com problemas comportamentais e de aprendizado, além de aumentar as chances de desenvolver problemas como a hipertensão. As causas podem ser variadas, como o resultado de infecções das vias respiratórias ou hipertrofia das amigdalas e adenoide.

Conheça tratamento para apneia do sono.

Insônia

A falta de sono geralmente é o resultado da ansiedade gerada pelos problemas escolares ou em casa, medos infantis comuns, falta de costume de dormir sozinho ou mudanças na rotina da família. Geralmente a criança está exausta, mas ainda assim se recusa a dormir ou queixa-se de dores repentinas da hora de ir pra cama. É normal que os pequeninos peçam água, abraços e carinho como desculpa para não ter que fechar os olhos e dormir.

Aprenda a lidar com crianças com insônia.

A ansiedade pode resultar em falta de sono. (Foto: divulgação)

Os distúrbios do sono em crianças são problemas relativamente comuns e que, na maioria dos casos, são resultado da imaturidade do sono ou de fatores que podem ser solucionados facilmente, como o estresse e ansiedade infantil. Em outros casos, como na apneia e roncos noturnos, ele pode ter um significado clínico mais importante, merecendo investigação médica.

Top