domingo, 25 de setembro de 2022 - 25/09/2022 11:34:07
MundodasTribos

Descubra como preparar marmitas saudáveis com ingredientes simples, baratos e nutritivos. Não basta apenas fazer a comida, também é necessário se preocupar com o transporte e o armazenamento.

Inclua diferentes grupos alimentares na marmita. (Foto Ilustrativa)

Inclua diferentes grupos alimentares na marmita. (Foto Ilustrativa)

Preparar a própria marmita é vantajoso em vários aspectos, afinal, a pessoa conhece a procedência da comida e também pode personalizar a refeição de acordo com as suas preferências alimentares.

Nem todo mundo consegue ir para a casa na hora do almoço, por isso é tão comum levar marmita e fazer a refeição no local de trabalho. Essa atitude é muito mais saudável e econômica do que comer todos os dias em um restaurante. Mas você sabe como preparar uma boa marmita?

O que este artigo aborda:

Como preparar marmitas saudáveis?

O Mundo das Tribos separou algumas dicas que ajudam a preparar marmitas nutritivas e saborosas. Confira:

Escolha um recipiente adequado

Não dá para transportar a refeição em qualquer potinho de plástico. O ideal é colocar esse recipiente dentro de uma bolsa térmica, pois assim fica mais fácil manter a temperatura dos alimentos e preservar o sabor. Para não estragar o almoço, algumas pessoas usam saquinhos de gelo na bolsa térmica.

Diversifique os alimentos

É muito importante diversificar o cardápio. (Foto Ilustrativa)

É muito importante diversificar o cardápio. (Foto Ilustrativa)

Para que a marmita seja considerada saudável, ela deve valorizar os diferentes grupos alimentares. É importante preencher metade do conteúdo com verduras e legumes. Depois, complete a outra metade com uma fonte de proteína (carne) e carboidrato (arroz ou macarrão). Quer levar uma sobremesa? Então opte por uma fruta.

Separe os alimentos pensando na temperatura

Uma regra muito importante na hora de montar a marmita é separar os alimentos de acordo com a temperatura. A salada, por exemplo, não pode dividir o mesmo espaço que o arroz e o feijão. Portanto, escolha um recipiente com divisórias.

Outra dica de ouro: deixe para temperar a salada na hora de comê-la. Esse cuidado reduz a probabilidade das verduras estragarem.

Escolha um recipiente com divisórias. (Foto Ilustrativa)

Escolha um recipiente com divisórias. (Foto Ilustrativa)

Prepare a comida pensando na saúde

Algumas medidas simples ajudam a tornar a comida mais saudável. Na hora de preparar os alimentos, substitua o óleo por azeite. Ao invés de usar muito sal para temperar, explore mais as ervas aromáticas.

Monte um cardápio

Essa história de preparar a marmita sempre com os mesmos ingredientes não funciona. O ideal é montar um cardápio semanal e diversificar os itens que compõem a marmita.

Todos os dias, é fundamental escolher um tipo de legume refogado (berinjela, abobrinha, brócolis ou chuchu), uma salada de folhas (alface, rúcula ou agrião), um pedaço de carne magra (de peixe ou frango) e acompanhamentos (arroz integral, lentilha ou feijão). Na hora de preparar os alimentos, opte sempre por assar, grelhar ou cozinhar.

E aí? Ficou alguma dúvida sobre como montar marmitas saudáveis? Deixe um comentário.

 

O conteúdo "Dicas de como preparar marmitas saudáveis" foi feito por Isabella Moretti e distribuído por MundodasTribos na categoria Saúde em .

Isabella Moretti

Publicitária, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira

1

Pode ser do seu interesse

Caminhada pode colaborar para evitar diabetes tipo 2

Caminhada pode colaborar para evitar diabetes tipo 2

Dieta do DNA: teste genético detecta dieta ideal para cada biotipo

Dieta do DNA: teste genético detecta dieta ideal para cada biotipo

Dieta garante reduzir 10% do peso em somente 10 dias

Dieta garante reduzir 10% do peso em somente 10 dias

Conheça os diferentes tipos de farinha

Conheça os diferentes tipos de farinha

Compulsão alimentar: sintomas

Compulsão alimentar: sintomas

Cuidados com falsos tratamentos com células-tronco

Cuidados com falsos tratamentos com células-tronco