Carta de demissão: como redigir

Carta de demissão: como redigir

Pode até parecer estranho fazer uma carta de demissão, mas em algumas empresas isso é muito comum e geralmente acontece depois que as pessoas…

Por Élida Santos em 14/08/2013

Pode até parecer estranho fazer uma carta de demissão, mas em algumas empresas isso é muito comum e geralmente acontece depois que as pessoas já formalizaram o pedido junto ao gestor imediato. Nesse documento é que se fala sobre os motivos pelos quais a pessoa está deixando a companhia, explica como será feita a transição do trabalho para outra pessoa e combina-se a quantidade de dias que vai continuar na empresa.

Leia mais sobre: Como pedir demissão

Geralmente as empresas pedem para escrever carta de demissão de próprio punho (Foto: Divulgação)

Informações sobre aviso prévio na carta de demissão

Para seguir a lei corretamente é necessário trabalhar mais 30 dias, a partir da data do aviso de sua demissão, a título de aviso prévio, sob pena de ter que pagar um mês de salário. Tudo isso deve constar em sua carta de demissão. Por isso, se o empregado já tem outro posto de trabalho acertado, é importante não omitir isso desse documento que comunica o seu desligamento da companhia. Se não for cumprir todo o aviso prévio, a pessoa deve pedir a dispensa na carta de demissão.

Veja também: Conheça os sinais que indicam uma demissão

Carta de pedido de demissão escrita de próprio punho

Com a era digital com certeza o primeiro impulso é redigir a carta de demissão no computador. Mas, geralmente, a companhia pede para o funcionário fazer o seu pedido de desligamento por meio de uma declaração escrita de próprio punho. Isso acontece para a empresa se precaver quanto a futuras questões trabalhistas.

Confira também: Como se comportar após a demissão?

Algumas empresas liberam os funcionários da carta de demissão (Foto: Divulgação)

Como escrever uma carta de demissão?

Use a norma culta da língua e não esqueça de colocar os motivos pelos quais está se desligando da empresa, quanto tempo pretende ficar exercendo suas funções e o modo como vai preparar outra pessoa para assumir o seu posto. Para que não haja erro procure o setor de recursos humanos da companhia e busque orientação de como esse documento deve ser feito. Em alguns casos a carta de demissão é dispensada e a companhia pede para o funcionário não fazê-la.

Top