Véu de noiva: como escolher

Muitas mulheres sonham em se casar incluindo elementos tradicionais em sua cerimônia e, principalmente, em seu look. O véu é destes itens que existem…

Por Editorial MDT em 18/02/2013

Muitas mulheres sonham em se casar incluindo elementos tradicionais em sua cerimônia e, principalmente, em seu look. O véu é destes itens que existem em casamentos, desde os tempos mais remotos. A tradição, que se mantém até hoje, tem suas raízes na civilização antiga grega. Naquela época, as pessoas acreditavam que espíritos ruins perseguiam as mulheres que se casavam. Então, cobriam a sua cabeça e seu rosto, na tentativa de escondê-la, enganando tais espíritos. Com o passar do tempo, esse acessório passou a ser usado com símbolo de pureza da noiva. Até hoje, apesar da modernidade, ele ainda carrega essa significação, para muitas mulheres. Mas pode-se dizer que a grande maioria o escolhe, bem como a cor branca para o vestido, simplesmente por darem preferência à tradição, não pensando muito na pureza ou outros significados. O véu de noiva é elegante, delicado e pode ser usado em diferentes versões, que se adequam ao estilo da mulher e ao tipo de cerimônia.

Neste exemplo, o véu possui detalhes que tornaram o decote nas costas mais discreto (Foto: Divulgação)

Casamento durante a noite

As cerimônias mais formais, que se realizam a partir das 18 h, pedem véu de noiva longo. Ele precisa, necessariamente, arrastar-se no chão, mas os comprimentos na cintura ou acima dela são mais adequados para casamentos diurnos ou em igrejinhas pequenas. O modelo mais clássico é o véu de comprimento catedral, que tem a característica de se arrastar no chão. Mesmo em cerimônias bem formais, o tamanho nunca deve ser maior que 4 metros.

Véu em comprimento catedral, feito em tecido que não "briga" com os detalhes do vestido (Foto: Divulgação)

Outro ponto importante a ser observado, na hora de escolher o véu de noiva, é compará-lo com o vestido. Isso vale para comprimentos grandes ou pequenos. Já se sabe que os elementos devem ser equilibrados. Vestidos bastante ornamentados pedem véus mais simples, pois o excesso não é elegante. Já os vestidos simples e discretos podem ser combinados com véus mais elaborados. Se quer que o destaque seja o vestido, a noiva deve optar por véus de tule, pois ele é um tecido leve e transparente, que não compromete a visualização dos detalhes do vestido. A renda também é uma ótima opção, desde que não ofusque o restante do look, conforme indicado, exceto se essa for a intenção. Quando o véu possui adornos, estes não podem se sobrepor aos do vestido. Por exemplo, se ele possui uma parte bordada, na linha da cintura, os bordados dos vestidos deverão estar posicionados acima ou abaixo dela.

Casamento durante o dia

Véus curtos são os mais indicados para cerimônias diurnas (Foto: Divulgação)

São bastante comuns, atualmente, os casamentos realizados durante o dia. Para escolher véu de noiva que se casará de manhã ou à tarde, é preciso que ele seja curto e sem excesso de brilhos. O comprimento máximo indicado é de dois metros e meio. As regrinhas para os adornos do véu são as mesmas, citadas acima. Ele não pode ofuscar o vestido.

Para finalizar, é imprescindível fazer testes de penteado, com o cabeleireiro, verificando se a escolha realmente está certa e a noiva não passará por constrangimentos. O penteado deve ser muito elaborado, pois ele é quem irá dar sustentação ao véu.

Inspire-se com alguns modelos: Modelos de véu para noivas

Veja outra forma de adornar o penteado: Casquetes de noiva: modelos, dicas

Top