TDAH na infância: Mitos e verdades

TDAH, ou Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, é um distúrbio comportamental que tem sido bastante comentado, mas que, infelizmente, poucas pessoas sabem…

TDAH, ou Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, é um distúrbio comportamental que tem sido bastante comentado, mas que, infelizmente, poucas pessoas sabem exatamente do que se trata. Entenda mais sobre o assunto, confira mitos e verdades sobre o TDAH na infância e fique por dentro dessa doença, que é um dos principais problemas psiquiátricos em pediatria.

O TDAH é o transtorno psiquiátrico mais comum em pediatria. (Foto: divulgação)

Saiba quais são os sinais de TDAH nas crianças.

Criança mal educada e arteira tem TDAH

Mito. Em grande parcela dos casos, o TDAH pode ser confundido com falta de educação e birra, porém isso acontece devido a falta de informação sobre o assunto. A criança com esse problema não é agitada porque quer, muito pelo contrário. Esse distúrbio neurológico frequentemente cursa com uma hiperatividade motora de difícil controle, e apesar da criança perceber o prejuízo que esse comportamento lhe traz, nem sempre é capaz de se controlar.

O diagnóstico é difícil de ser realizado

Verdade. Na maioria dos casos, os pais costumam procurar vários médicos antes de conseguirem o diagnóstico de TDAH. Vale ressaltar que a responsabilidade em identificar o problema não é apenas dos pais ou do médico. Na maioria dos casos, quem encaminha a criança para avaliação de especialista é o professor, capaz de perceber com maior facilidade os sinais do problema.

Continuar Lendo  Molde para pintura estêncil: como fazer

Criança com muita liberdade desenvolve TDAH

Mito. O modo como as crianças são educadas, seja pela imposição de regras rígidas ou não, é incapaz de desencadear a doença, uma vez que o transtorno possui caráter genético. Isso significa que ele é herdado dos pais, e não adquirido.

Confira dicas de como lidar com crianças portadoras de TDAH.

O TDAH pode ser confundido com falta de educação e birra. (Foto: divulgação)

Pais com TDAH apresentam grandes chances de ter filhos com o problema

Verdade. O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade é um dos problemas comportamentais que apresentam maior chance de ser herdado geneticamente, podendo atingir até 75% das crianças filhas de pais portadores do problema.

O TDAH se resume em falta de atenção e hiperatividade

Mito. Apesar da dificuldade de concentração em determinadas atividades e a hiperatividade motora serem os sintomas mais comuns de TDAH, se não tratado da maneira adequada, esse distúrbio pode cursar com alguns outros problemas psicológicos sérios, que podem se apresentar ainda na infância, como baixa autoestima e sentimento de incapacidade, maior chance de se envolver com drogas ilícitas e atitudes de revolta contra figuras de autoridade, como os pais, autoridades religiosas, professores e policiais.

A maneira como as crianças são educadas pode influenciar o quadro clínico

Verdade. Apesar do modo de criação ser incapaz de provocar a doença, a maneira como os pequeninos são educados pode influenciar o quadro clínico por envolver fatores, como autoestima, autoconfiança, percepção do problema e confiança nos pais, que afeta diretamente o modo como a criança enfrentam o problema e pode até mesmo evitar comorbidades, como os desvios de conduta, bastante frequentes durante a adolescência.

Veja dicas sobre o que fazer com o TDAH na vida adulta.

A forma como a criança é tratada pela família pode influenciar o quadro clínico. (Foto: divulgação)

O TDAH é um problema comum, de difícil diagnóstico e que pode ser confundido com outros problemas, como falta de educação e birra. Essa patologia é subestimada pela maioria das pessoas, mas pode cursar com complicações importantes, o que torna essencial uma intervenção precoce.

Continuar Lendo  Destinos nacionais 12 de outubro CVC 2012: pacotes baratos

Top