Síndrome de burnout: o que é, sintomas

Caracterizada como um distúrbio que causa transtorno emocional e estresse excessivo causado por condições de trabalho de muito desgaste, a síndrome de burnout tem se tornado…

Caracterizada como um distúrbio que causa transtorno emocional e estresse excessivo causado por condições de trabalho de muito desgaste, a síndrome de burnout tem se tornado conhecida na mídia com a divulgação de casos de pessoas que venceram na justiça suas antigas empresas devido ao problema. A síndrome que pode levar também a sintomas físicos, além de psicológicos, afeta profissionais em diversos ramos de atividades, mas principalmente naqueles que envolvem relacionamentos mais intensos com o público ou com os clientes.

Profissionais da saúde também sofrem com o problema (Foto: divulgação)

Síndrome de burnout: o que é, sintomas

Termo criado, em 1974, pelo médico norte-americano americano Herbert J. Freudenberger, a síndrome de burnout afeta profissionais de diferentes áreas, mas sendo mais comum entre pessoas que trabalham nas áreas de saúde, atendimento ao público, recursos humanos, educação, tecnologia da informação, vendas e marketing, engenharia, assistência social, finanças, religião, produção, operações, além de pessoas que trabalham com segurança como agentes penitenciários, policiais e corpo de bombeiros.

Condições de trabalho desgastantes podem levar à síndrome (Foto: divulgação)

Entre as características da síndrome de burnout se destacam o stresse crônico que acomete quem tem o problema. As causas da síndrome de burnout podem ser fatores derivados de atividades de trabalho exaustivas tanto do ponto de vista físico quanto do psicológico.

Saiba mais sobre a síndrome de burnout

Os sintomas mais conhecidos da síndrome de burnout são alterações de humor inesperadas, falta de concentração nas atividades do trabalho, vontade de se isolar, ações agressivas, ansiedade e pessimismo excessivo. Além de se sentir depressivo, o profissional acometido deste problema também pode começar a faltar de seu trabalho, sentir-se fracassado, manifestar baixa autoestima e até começar a tratar mal a família, colegas e clientes da empresa. Sintomas físicos como palpitação, insônia, dor de cabeça e problemas gástricos ou intestinais também podem ocorrer.

Tratamento é feito com psicoterapia e medicamentos (Foto: divulgação)

O diagnóstico e tratamento do paciente com síndrome de burnout é feito por profissionais da saúde mental e o tratamento inclui terapia com psicólogos e uso de remédios antidepressivos indicados por psiquiatras. Recomendam-se também atividades de relaxamento e prática de exercícios físicos.

Leia Também:  Tratamentos capilares dose única: saiba mais

Continue lendo sobre o estresse:

Dicas de Como Lidar com o Stress, Causas e Sintomas

Estresse no ambiente de trabalho: como lidar

Top