Estímulo para produzir leite: tire as suas dúvidas

Praticamente todas as mães recentes passam por períodos em que questionam se estão produzindo leite suficiente para seus bebês. Isso ocorre principalmente no início,…

Praticamente todas as mães recentes passam por períodos em que questionam se estão produzindo leite suficiente para seus bebês. Isso ocorre principalmente no início, quando ela e o pequeno estão se adaptando ao processo do aleitamento. Saiba mais sobre o assunto e tire suas dúvidas sobre estímulo para produzir leite.

O leite materno é um alimento completo. (Foto: divulgação)

Produção de leite materno

Muitas mulheres deixam de amamentar seus bebês por acharem que o leite está fraco. Essa atitude é prejudicial à saúde da criança. É importante que todas as mamães saibam que seu leite é suficiente e nunca fraco.

O que ocorre é uma falsa impressão de que o leite não está sendo produzido em quantidade suficiente. Essa sensação surge quando a mulher sente o peito inchar ou quando o leite para de vazar. Na verdade, esses são sinais de que o corpo se adaptou à demanda exigida pelo bebê.

A criança também passa por fases em que tem mais fome e mama mais do que o normal e isso pode fazer a mãe achar que não está fornecendo leite o suficiente. E há bebês que são super eficientes quando mamam e as mães ficam pensando que o eles estão parando porque ela não tem leite. Outro fator é que muitas mulheres acham que o bebê está chorando por fome, mas na verdade existem diversos outros estímulos que levam o pequeno a derramar lágrimas.

A amamentação faz o bebê crescer forte e saudável. (Foto: divulgação)

Veja também o leite materno é importante 

Como estimular a produção de leite

1. Se você não estiver produzindo leite para dar conta da demanda do bebê, tente seguir as técnicas;

2. Deixe a criança mamar sempre que ele quiser e todo o tempo que ele quiser. Ofereça os dos seios a cada mamada;

Leia Também:  A amamentação e os benefícios que ela traz para o bebê e a mãe

3. Evite ao máximo o uso de chupeta, para que ele passe bastante tempo sugando e estimulando o seio;

4. Não complemente a amamentação com fórmulas de leite, a não ser em último caso, sob orientação do médico. A produção de leite vai se ajudar a demanda do bebê. Se acabar com a fome dele com essa fórmula, ele não vai exigir suas mamas;

5. Invista em conseguir que o bebê faça uma pega no seio, abocanhe a aréola inteira. Para isso, procure a ajudar de especialistas em amamentação, na maternidade ou no banco de leite;

6. Tome muita água. A hidratação é importante para produção de leite. Se a urina estiver mais clara, é sinal de que você está tomando água suficiente;

7. Tente tirar mais leite entre as mamadas. Quando o seio se esvazia totalmente, a produção de leite é estimulada. Você pode guardar esse leite (congelando) para dias em que bebê parecer estar com mais fome.

A amamentação estimula a produção de leite materno. (Foto: divulgação)

Veja também fumar diminui a produção e qualidade do leite materno 

O leite materno é essencial para a alimentação da criança. Muitas vezes a mãe acha que não produz leite o suficiente para o seu filho. Porém, o que falta é estimular a produção através da pega no seio. Quanto mais amamentada a criança for, maior será a produção de leite. Se estiver com dúvidas sobre a sua produção de leite, procure um pediatra. Tire todos os questionamentos da mente, pois a preocupação pode influenciar na produção láctea.

Top