Sarna demodécica em cães: saiba mais

Editorial MDT 07/10/2013 Bichos

As sarnas podem acometer pessoas, cães e gatos. Ao contrário do que se imagina, nem todas são consideradas zoonoses. A sarna demodécia é causada por um ácaro minúsculo, o demodex canis, pequenos demais para serem vistos a olho nu. Saiba mais sobre a sarna demodécica.

A sarna causa coceira e queda dos pelos do cão. (Foto: divulgação)

Sarna demodécica em cães

A maioria dos cães adquirem ácaros de sarna das mães durante os primeiros dias de vida. São considerados normais na fauna da pele quando em grande número. Eles apresentam doenças quando o sistema imunológico anormal permite que esses números saiam do controle. Uma grande incidência de sarna em algumas linhagens sugere que cães nascem com uma suscetibilidade imunológica inata.

A sarna demodécica acontece nas formas generalizada e localizada. O diagnóstico é feito em várias escamas de pele e procurando pelos ácaros. As sarnas demodécicas costumam ser fáceis de encontrar.

O banho com medicamentos pode ajudar a acabar com a sarna em cães. (Foto: divulgação)

Sarna demodécica localizada e generalizada

A sarna demodécica localizada ocorre em cães menores de 1 ano de idade. A aparência da pele é semelhante a da micose. O sinal indicativo desse problema é a perda de pelo ao redor das pálpebras, lábios e cantos da boca, em alguns casos, patas e pernas. Essa condição pode evoluir para manchas irregulares de perdas de pelos. Em alguns casos, a pele fica mais vermelha com escamas e infecções.

Os cães com a doença generalizada desenvolvem em áreas de perda de pelos na cabeça, pernas e tronco. Essas manchas formam grandes áreas de perda de pelos. Os folículos pilosos se ligam aos ácaros e escamas da pele. A pele se rompe formando feridas, crostas e outras doenças mais incapacitantes.

Tratamento da sarna demodécica

O tratamento da sarna demodécica generalizada deve ser feita com acompanhamento de um veterinário. O tratamento envolve o uso de xampus e banhos para retirar as escamas da superfície e matar os ácaros. Raspe ou corte os pelos das partes afetadas para facilitar o acesso à pele.

Para tratar a sarna o cão deve tomar banhos com xampu de peróxido de benzoílo para remover as escamas da pele. Deixe o xampu agir por aproximadamente 10 minutos antes de fazer o enxague. Seque totalmente o cachorro. Além de outros produtos indicados pelo veterinário.

É preciso ter cuidados redobrados com a saúde do seu cão. (Foto: divulgação)

A sarna é um problema que pode acometer cães de várias idades e raças. É possível prevenir a sarna com alguns cuidados com o seu cãozinho. Se o problema já estiver instalado, o ideal é consultar um veterinário para avaliar o caso e indicar o tratamento correto.

Outros artigos

Convênio Bradesco Saúde

22/12/2010

Convênio Bradesco Saúde

Convênio Bradesco Saúde Hoje em dia a vida das pessoas parece que não vale nada, pois são assaltantes matando em troca de alguns pertences sem valor, pessoas embr...

Principais causas de sangramento no nariz

27/08/2013

Principais causas de sangramento no nariz

O sangramento pelo nariz é um evento bastante comum e que pode ser desencadeado por vários fatores. Na maioria dos casos esse acontecimento é recorrente e resulta em...