As raças de cães que menos mordem

Morder é um hábito canino que precisa ser controlado. Se a família quer um cãozinho que não morda e não ofereça riscos de acidente,…

Morder é um hábito canino que precisa ser controlado. Se a família quer um cãozinho que não morda e não ofereça riscos de acidente, então deve investigar quais são as raças de cães que menos mordem.

O labrador é dócil e por isso não morde as crianças. (Foto:Divulgação)

Na hora de comprar um cachorro, é recomendado optar por uma raça dócil e inteligente, desta forma será mais fácil ensinar que morder é errado. As pessoas devem evitar as raças caninas que são classificadas como ‘cães de caça’, pois elas possuem o gene que resulta na atitude de perseguir e morder as presas.

Confira a seguir algumas sugestões de raças que, quando bem treinadas, não mordem e são obedientes:

Labrador: a raça é brincalhona, inteligente e companheira. Os cães vivem até 13 anos e são ótimos com as crianças.

Basset Hound: os cães desta raça possuem nota máxima no quesito disciplina. Como são obedientes, aprenderão com facilidade o comando de ‘não morder’.

Bichon Frisé: a raça é fisicamente parecida com o Poodle, mas tem um temperamento diferente. Estes cães não são agressivos, gostam de brincar e possuem apego ao dono.

O Beagle gosta de latir, mas não morde tanto. (Foto:Divulgação)

Beagle: os cachorros desta raça gostam muito de latir, mas na verdade são dóceis e não mordem.

Bloodhound: o cão desta raça é calmo e um tanto ‘paradão’. Ele tem bastante apego ao dono, mas não se comporta de forma agressiva.

Como ensinar o cão a não morder?

Quando filhotes, todos os cachorros mordem com frequência, mas é preciso tomar atitudes para o animal aprender desde cedo que abocanhar as pessoas e determinados objetos é errado.

Leia Também:  Catarata em cães: como prevenir

Existem casos de cães que inexplicavelmente se tornam agressivos e mordem os humanos, inclusive os próprios donos. No entanto, o animal só se torna violento se recebe este tipo de incentivo em casa.

Um cão pode morder por diferentes motivos, como para defender o seu território, proteger o dono e evitar os ataques físicos de humanos e outros animais.

Desde filhote, o cachorro precisa aprender que morder é errado. (Foto:Divulgação)

Qualquer cachorro nasce com instinto para morder, mas o que vai mudar esta realidade é a forma como eles são treinados e tratados. Veja a seguir algumas dicas para fazer o cachorro morder menos:

• Os filhotes mordem para brincar, mas devem aprender desde cedo que a atitude não é apropriada.

• Sempre que o cão começar a morder, o dono deve dizer “NÃO”, com voz forte e dura. Se o animal não entender a mensagem, na próxima mordida a pessoa pode repreender com um latido.

• Borrifar água no focinho do cachorro é uma forma de reprimir o hábito de morder.

• Sempre que o filhote começar a latir, rosnar ou morder, ele deve ser ignorado.

• Dar um brinquedo para o pet é uma forma de evitar as mordidas.

Top