Saiba o que fazer quando o bebê fica doente

Quando o bebê fica doente, não há motivos para entrar em pânico. É preciso ter calma nesse momento para saber identificar quando se deve…

Quando o bebê fica doente, não há motivos para entrar em pânico. É preciso ter calma nesse momento para saber identificar quando se deve procurar ajuda médica e quando o bebê necessita de cuidados de emergência. Saiba mais sobre o assunto e veja o que fazer quando o bebê fica doente.

A falta de apetite constante pode indicar que algo está errado com a saúde da criança. (Foto: divulgação)

Filhos doentes, pais preocupados

Todos os pais desejam ver seus filhos saudáveis, porém as infecções e febres são quase inevitáveis. Mesmo os pais experientes apresentam muitas dúvidas na hora de identificar uma simples doença ou um problema mais sério de saúde da criança. É neste momento que se procura um médico ou serviço emergencial.

Não tem coisa pior para os pais que trabalham fora do que ir para o trabalho quando o filho está doente. A culpa sempre vem acompanhada. Seja por deixar o filho em casa ou por faltar ao trabalho, chegar atrasado. O fato é que nesses momentos a criança necessita de cuidados especiais. Por isso, converse com seu chefe e explique para ele sobre a situação.

Fique de olho na temperatura do bebê. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para proteger o filho da gripe 

O que fazer quando o bebê fica doente

1. O médico deve ser procurado quando a criança apresenta alterações de apetite, humor, genitálias, febre, diarreia, vômitos, desidratação, constipação, problemas no ouvido, pele avermelhada, resfriados e secreção nos olhos.

2. Para os casos de emergência, os pais devem levar os filhos imediatamente em casos de sangramentos intensos, envenenamento, problemas respiratórios graves, traumas de crânio, cortes ou queimaduras, dores persistentes que aumentam gradativamente, pele ou lábios arroxeados, presença de sangue na urina e falta de resposta a estímulos.

Leia Também:  Maquiagem natural com tons clarinhos como fazer

3. Jamais dê medicamentos para a criança sem orientação médica, pois pode ser que piore ainda mais o caso. Tenha cuidados também com a administração das doses e horários corretos dos medicamentos.

4. Não se desespere nesse momento, procure manter a calma e identifique primeiramente os sinais e sintomas. Em caso de dúvidas, o mais recomendado é procurar o médico para avaliar o caso.

O mais indicado é consultar o médico caso a criança esteja doente. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para acalmar uma criança 

Quando o bebê fica doente, é normal que os pais se preocupem com eles. Porém é preciso manter a calma nesse momento para avaliar os sinais e sintomas da criança. O mais indicado é sempre consultar o médico e nunca dar medicamentos para o bebê sem orientação do mesmo. Fique atento para os quadros de febres intensas, vômitos, diarreias e traumas que podem colocar em risco a vida da criança.

Top