Principais agravantes de alergias respiratórias

A chegada da época mais fria do ano traz consigo as incômodas doenças alérgicas, como rinite e asma, que além de muito desconforto, podem…

As alergias são bastantes comuns

A chegada da época mais fria do ano traz consigo as incômodas doenças alérgicas, como rinite e asma, que além de muito desconforto, podem prejudicar seriamente a saúde. Segundo dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI), cerca de 30% da população nacional possui algum tipo de alergia.

Além de estar em dia com o tratamento médico, para prevenir as crises é necessário tomar alguns cuidados simples, mas que podem fazer toda a diferença. Confira algumas ações que trazem proteção para os pacientes alérgicos.

Veja também: Gripe, resfriado e alergia: quais as diferenças?

Combatendo os ácaros

Segundo pesquisas, cerca de 99% dos brasileiros portadores de asma são alérgicos aos ácaros. Por isso é recomendado manter o ambiente sempre bem iluminado e arejado, além de evitar o uso de cortinas, tapetes e pelúcias.

Emoções intensas

Pessoas que ficam extremamente nervosas, assustadas ou tristes podem sofrer de broncoespasmo, ou seja, o fechamento dos brônquios, que desencadeia uma crise de asma. A razão para esse evento ocorrer ainda não está completamente esclarecida, mas estudiosos no assunto correlacionam-no à uma falha no sistema nervoso, que além de “regular” as emoções, também controla os bronquíolos.

O ácaro, visto microscopicamente, não é nenhum pouco bonito

Doenças respiratórias

Doenças que afetam as vias respiratórias, como uma simples gripe ou resfriado, podem irritar os brônquios de forma que eles reagem e se fecham, além de aumentarem a secreção de muco, tornando maior a chance de ocorrer uma crise alérgica.

Mudanças de temperatura

Os “choques-térmicos”, ou seja, as variações de frio para o calor ou vice-versa, atuam agredindo a mucosa e propiciando o aparecimento de, principalmente, asma. Para minimizar o efeito irritativo sobre o sistema respiratório, a dica e evitar respirar o ar frio e se agasalhar bem antes de sair de casa, quando as temperaturas estão mais baixas.

Continuar Lendo  Calendário PIS Pasep 2007 e 2008 - Dicas de Recebimento

Pólen

Uma das substâncias mais alérgenas, o pólen é capaz de provocar sérias reações alérgicas e, por isso, é muito recomendado que as pessoas que detectaram um possível quadro alérgico desencadeado por esse agente se mantenham longe de flores.

Veja também: Rinite: sintomas, como aliviar.

Penas e pelos de animais

O que causa alergia, na maioria das vezes, não é exatamente o pelo ou pena e sim o epitélio dos animais de estimação, que, ao serem combinados com proteínas da saliva dos mascotes, pode desencadear sérios quadros alérgicos.

Tabagismo

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, fazer uso do cigarro não torna uma pessoa asmática, porém o hábito é capaz de favorecer o desenvolvimento de crises alérgicas. O mesmo vale para os fumantes passivos.

Veja também: Dicas para prevenir crises de asma.

O cigarro é um grave problema de saúde pública

Ser portador de qualquer tipo de alergia é bastante desagradável, porém, seguindo as dicas, é possível diminuir as chances de sofrer qualquer tipo de crise alérgica, para poder curtir melhor os dias mais frios do ano.

Top