Pressão alta: Alimentos que devem ser evitados

A hipertensão é uma doença silenciosa. A ausência de sintomas dificulta o diagnótico, o qual muitas vezes é realizado somente quando problemas mais sérios…

A hipertensão é uma doença silenciosa. A ausência de sintomas dificulta o diagnótico, o qual muitas vezes é realizado somente quando problemas mais sérios aparecem. De acordo com Sociedade Brasileira de Hipertensão, a hipertensão é responsável por 40% das mortes por Acidente Vascular Cerebral e 25% daquelas doenças coronariana.

Leia mais: Tratamento caseiro para pressão alta

Para evitar e combater a pressão alta é preciso seguir uma dieta balanceada e tomar alguns cuidados. Segundo recomensações médicas o ideal é ingerir de 6g a 8g de sal ao dia. Além do controle na dosagem do sal, o hipertenso precisa seguir uma alimentação balanceada, priorizando frutas, legumes, grãos, carne magra e cereais.

Alimentos gordurosos devem ser restringidos do cardápio. Prefira alimentos leves que sustente. (Foto Divulgação)

Aumentar a ingestão de potássio ainda ajuda o controle da pressão alta. Para isso, uma alimentação rica em frutas e vegetais pode ser útil na redução da pressão e prevenção da hipertensão arterial.

Veja também: Remédios naturais para pressão alta

A seguir confira algumas recomendações para controlar a pressão arterial:

Limite

  • Sal;
  • Margarinas;
  • Gema de ovo;
  • Crustáceos.

Além do controle na dosagem do sal, o hipertenso precisa seguir uma alimentação balanceada. (Foto Divulgação)

Evite

  • Açúcar;
  • Frituras;
  • Derivados de laticínios com gordura;
  • Carnes vermelhas com gordura;
  • Alimentos industrializados.

O álcool também deve ser evitado se quiser manter a pressão regulada. (Foto Divulgação)

O corte do álcool também ajuda o controle da pressão alta naqueles indivíduos que ingerem grandes quantidades de bebidas alcoólicas.  A recomendação é que a bebida seja limitada a 30g/dia em 600 ml de cerveja ou 250 ml de vinho. Já para destilados (vodka, whisky e outros) 60ml é o limite. Este valor deve ser cortado à metade para quem estiver com baixo peso ou com sobrepeso ou triglicérides elevados.

Leia Também:  Modelos de camas com escorregador

Confira ainda: Dez dicas para controlar a pressão alta

Top