Perigos do consumo excessivo de sal

O consumo excessivo de sal pode ser muito perigoso para a saúde. A falta de controle com relação ao sódio na alimentação resulta em…

O consumo excessivo de sal pode ser muito perigoso para a saúde. A falta de controle com relação ao sódio na alimentação resulta em problemas sérios a longo prazo, como doenças crônicas e, na pior das hipóteses, a morte prematura.

Sal em excesso pode causar doenças. (Foto Ilustrativa)

Sal em excesso pode causar doenças. (Foto Ilustrativa)

A ingestão exagerada de sal faz tanto mal para o organismo porque estimula a retenção de líquido. Isso faz com que o sangue se acumule nas artérias, desencadeando hipertensão, infarto e até mesmo câncer. Por causa dessa ameaça, é de fundamental importância adotar uma alimentação balanceada e saudável.

De olho nos males causados pelo sal, a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos e o Ministério da Saúde firmaram um acordo para reduzir a quantidade de sódio nos alimentos industrializados. A indústria nacional tem adicionado menos sal nos produtos, mas ainda falta educar as pessoas para não exagerar na quantidade.

Perigos do consumo excessivo de sal

Veja a seguir os problemas de saúde causados pelo excesso de sal na alimentação:

Hipertensão

O consumo exagerado de sal pode levar ao quadro de hipertensão. A pessoa hipertensa fica exposta a uma série de doenças mais sérias, como é o caso dos problemas cardiovasculares e de lesões irreversíveis em órgãos vitais.

A ingestão demasiada de sal causa hipertensão porque o sódio aumenta a concentração de líquidos no sangue. O organismo, na tentativa de normalizar a situação, aumenta a pressão nas artérias e isso tem um impacto negativo para o corpo.

Doença renais

O rim é um filtro muito eficaz no corpo humano, mas que tem capacidade limitada para excretar o sal. Com isso, é comum a pessoa que consome muito sódio desenvolver cálculo renal ou qualquer outra doença mais séria.

Exagerar no sal aumenta as chances de doenças renais. (Foto Ilustrativa)

Exagerar no sal aumenta as chances de doenças renais. (Foto Ilustrativa)

Infarto

O sal de cozinha é um gatilho para o infarto. O excesso dessa substância no corpo faz o volume do sangue nas artérias subir, acelerando os batimentos cardíacos e levando a um quadro de hipertensão. Se uma obstrução na passagem do sangue para o coração acontecer, a pessoa pode sofrer um infarto agudo do miocárdio e chegar ao óbito.

Leia Também:  Segundo estudo sono tende a melhorar com a idade

Envelhecimento precoce

O envelhecimento precoce não chega a ser necessariamente uma doença, mas pode afetar a saúde e o bem-estar. O corpo envelhece mais rápido do que deveria em virtude da desidratação celular, desencadeada pelo excesso de sódio. O metabolismo das células passa a funcionar de forma mais lenta, causando os sintomas de envelhecimento.

Reduza o consumo de sal e previna o envelhecimento precoce. (Foto Ilustrativa)

Reduza o consumo de sal e previna o envelhecimento precoce. (Foto Ilustrativa)

Câncer de estômago

Alguns estudos já comprovaram que o excesso de sal na dieta pode ser um gatilho para o câncer de estômago. Por conta disso, os especialistas recomendam diminuir a quantidade de sódio nas refeições.

Existem muitos outros perigos do consumo excessivo de sal. O sódio em excesso aumenta as chances de osteoporose, compromete o paladar e prejudica o sistema imunológico do corpo. Para não sofrer com esses problemas, o recomendado é consumir entre 4 e 5 gramas por dia.

 

Top