Hipertensão: principais causas, sintomas, tratamentos

Popularmente conhecida como pressão alta, a hipertensão é uma doença que pode acometer homens e mulheres, sejam crianças, jovens, adultos ou idosos, caracterizando-se pela…

Popularmente conhecida como pressão alta, a hipertensão é uma doença que pode acometer homens e mulheres, sejam crianças, jovens, adultos ou idosos, caracterizando-se pela elevação dos níveis de pressão sanguínea.

A hipertensão também pode ser chamada de pressão alta (Foto: Divulgação)

Ela acontece quando as artérias sofrem algum tipo de resistência, o que aumenta a força que o sangue tem que fazer para conseguir circular por todo o corpo. Com isso, o coração precisa bombear com mais intensidade o sangue, o que resulta na sua dilatação e causa danos às artérias.

A hipertensão arterial (outro nome pelo qual ela é chamada) é atualmente uma das principais causas de morte do mundo, pois favorece o aparecimento de outras doenças mais graves, como acidente vascular cerebral (AVC), infarto e doença renal crônica.

7 cuidados para evitar o infarto do miocárdio

AVC: entenda as causas e consequências

Hipertensão: principais causas, sintomas, tratamentos

A ingestão de alimentos gordurosos propicia o surgimento da hipertensão (Foto: Divulgação)

As principais causas da hipertensão estão relacionadas a vários fatores de risco, que aumentam a possibilidade de que os mecanismos de regulação da pressão arterial não funcionem corretamente, como o consumo excessivo de sal, a ingestão exagerada de álcool e a obesidade.

Tabagismo, diabetes, hábitos de vida sedentários, níveis altos de colesterol, estresse e apneia do sono são alguns dos outros fatores de risco para a hipertensão. A doença pode estar relacionada ainda à herança dos pais, à idade elevada e aos distúrbios da tireoide.

Como se trata de uma doença silenciosa, os sintomas da hipertensão são, muitas vezes, difíceis de serem identificados, aparecendo somente quando a pressão aumenta exageradamente. Dores no peito, dor de cabeça, tonturas, visão embaçada, fraqueza, zumbidos no ouvido e sangramento nasal representam sinal de alerta.

Continuar Lendo  Decoração de aniversário tema Copa do Mundo

Como tratar a hipertensão

A obesidade é outro fator de risco para a hipertensão (Foto: Divulgação)

A hipertensão não tem cura, mas pode ser controlada. Para tanto, é necessário o acompanhamento médico, pois o profissional vai indicar o melhor método de acordo com a situação de cada paciente.

O tratamento da hipertensão pode incluir o uso de medicamentos e a mudança de hábitos, para levar uma vida mais saudável, como praticar atividades físicas, diminuir o consumo de sal, parar de fumar, moderar a ingestão de bebidas alcoólicas, evitar alimentos gordurosos e manter o peso adequado, entre outros.

Top