Nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016

A nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016, mas não deve ser motivo de preocupação para os estudantes. As mudanças realizadas no…

A nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016, mas não deve ser motivo de preocupação para os estudantes. As mudanças realizadas no sistema são bem sutis e incluem mais quatro elementos químicos. Leia a matéria para entender melhor as alterações.

Nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016. (Foto Ilustrativa)

Nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016. (Foto Ilustrativa)

A tabela periódica é uma forma encontrada pelos estudiosos para sistematizar e organizar os elementos químicos. Ela é muito importante para entender o comportamento das moléculas e dos átomos em diferentes situações.

Leia mais: 10 sites para estudar de graça para o ENEM

Todos os livros de química apresentam uma tabela periódica, mas a maioria dos títulos está desatualizada. Isso acontece porque, recentemente, quatro novos elementos foram inclusos na estrutura. Agora são 118 elementos para estudar!

Nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016

A nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016, por isso muitos estudantes já começaram a estudar os quatro elementos que passaram a fazer parte do sistema.

Os novos elementos foram criados em laboratório pelo homem, portanto, não são encontrados na natureza. Eles são classificados como altamente radioativos e ficam estáveis por pouco tempo, por isso não sabe ao certo como eles podem ser úteis na prática. Em geral, os elementos contribuem com pesquisas científicas, mas não contribuem em nada na indústria.

Os cientistas descobriram 4 novos elementos químicos. (Foto Ilustrativa)

Os cientistas descobriram 4 novos elementos químicos. (Foto Ilustrativa)

O grupo com os novos elementos

A União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC) publicou nessa semana que a tabela periódica está maior, ou seja, agora ela tem os elementos 113, 115, 117 e 118 na sua estrutura. Esse grupo completa a sétima fila e engloba elementos produzidos artificialmente nos últimos anos.

Leia Também:  Bolsas de estudo na China: inscrições

Saiba mais: Cursos de química gratuito

Os novos elementos químicos ainda não possuem um nome oficial, mas já influenciam no trabalho dos cientistas asiátivos. Veja como eles são nomeados na nova tabela:

Unúntrio (Uut): elemento 113;

Unumpêntio (Uup): elemento 115;

Ununséptio (Uus): elemento 117;

Ununóctio (Uuo): elemento 118.

Os estudiosos que descobriram os novos elementos sintéticos devem escolher os nomes oficiais nos próximos meses. Provavelmente eles serão batizados com o nome de um cientista, um mineral, um lugar do país ou de uma propriedade. Ainda não se sabe ao certo.

Em 2009, a IUPAC resolveu incluir o elemento 112 na tabela periódica. Ele foi nomeado de Copernício (Cn), em homenagem ao astrônomo Nicolau Copérnico.

Veja também: Tabela Periódica dos Elementos

A nova tabela

Nova tabela periódica 2016. (Foto Ilustrativa)

Nova tabela periódica 2016. (Foto Ilustrativa)

A nova Tabela Periódica pode influenciar Enem e vestibular 2016, mas os professores acreditam que esse não será o foco das questões de química. Esses elementos foram descobertos e reconhecidos, mas nem mesmo os cientistas conseguem compreender as propriedades dos mesmos. O ideal é que os alunos estudem a tabela, compreendam a estrutura e tenham uma noção dos elementos mais representativos.

 

Top