Modelos de calça cirré

Um tecido com brilho, que lembra muito o couro, tem sido uma das febres da moda, atualmente. Trata-se do cirré, que aparece com mais…

Por Editorial MDT em 24/09/2013

Um tecido com brilho, que lembra muito o couro, tem sido uma das febres da moda, atualmente. Trata-se do cirré, que aparece com mais frequência nas calças. Embora outras peças também estejam sendo confeccionadas com este material, é nas pernas e nos glúteos que ela tem feito mais sucesso. As calças cirré parecem couro, porém são mais confortáveis e agarradinhas. Veja alguns modelos de calça cirré e dicas para usá-los.

Calça colorida cirré, para academia (Foto: Divulgação)

Modelos de calça de cirré

Quem é que já não viu fotos de Grazi Massafera e outras celebridades, usando calça cirré na academia? Neste meio, os modelos mais comuns são as leggings, que podem ser usadas com regatas, camisetas ou tops. Com certo brilho (algumas, inclusive, são metalizadas), o tecido dá um ar meio futurista ao visual, valorizando coxas e bumbum.

Mas não é somente na academia que estas peças têm feito sucesso. Dá para usar calça cirré na balada, num barzinho ou em outras ocasiões, desde que se saiba como combiná-las. Pode ser o modelo comum, do tipo legging, ou não. Por isso mesmo é que surgiram as calças cirré drapeadas, as recortadas nas pernas, as que imitam jeans (como cós largo e botões), entre outras.

Modelos de calça cirré que parecem jeans (Foto: Divulgação)

As cores de calças cirré são variadas. Do clássico preto ao branco, passando por coloridas e metalizadas, estas peças podem ser encontradas em todas as vitrines. Ao que tudo indica, continuarão, firmes e fortes, no próximo verão.

Dicas para usar calça cirré

Calça cirré recortada (Foto: Divulgação)

Vale ressaltar que a calça de cirré marca, e muito, as curvas (ou a ausência delas) do corpo. Qualquer detalhe, ainda que minúsculo, pode ficar evidente com este tecido e isso aumenta, devido ao brilho que ele contém. Além disso, o cirré não é um material grosso e firme; pelo contrário, é mais fino e molinho. Portanto, o tecido não ajuda a firmar a pele, sob ele.

Pensando nestas características, já é possível imaginar como usar calças cirré. Quem não está com o corpo “em dia” e deseja um visual discreto pode não ficar bem com elas. A dica, nestes casos, é optar pelos modelos legging, usando-os com blusinhas soltas e mais compridas, disfarçando pequenos defeitos. Também vale a pena investir em cores escuras, que os tornam menos evidentes.

Calça cirré drapeada (Foto: Divulgação)

A calça cirré drapeada é uma boa opção para quem deseja aumentar a medida das pernas e do bumbum, pois o tecido franzido ajuda. Portanto, pernas finas e glúteos menores podem ser favorecidos com este modelo.

Os sapatos que combinam com calça cirré são muitos, já que o uso deste material se tornou comum, em todos os lugares. Invista em sapatilhas, tênis, botinhas, scarpins com solado comum ou meia pata, peep toes, etc. Se optar por blusas despojadas, prefira sapatos mais simples; se optar por roupas mais elegantes, invista em saltos e outros modelos adequados.

Top