Lou Reed morre aos 71 anos

Nesse domingo morreu aos 71 ano, Lou Reed, de acordo com a edição americana da revista “Rolling Stone”. O músico foi um dos fundadores do mítico grupo Velvet Underground. A causa do seu falecimento não foi divulgado. O cantor teve um fígado transplantado em maio deste ano e ele foi internado em julho com uma desidratação severa.

Ícone da música morre (Foto: Divulgação)

 

Lou Reed deixa um bom legado para a música

Lou Reed trabalhou para a música por cerca de 50 anos. Com o Velvet Underground, no começo dos anos 1960, ele mesclou elementos das ruas de Nova York com as influências europeias, produzindo musicas consideradas poéticas e inovadoras pela crítica, e que caíram na graça dos críticos.

No começo dos anos 1970, com o final do Velvet Underground, ele passou a se dedicar à carreira solo, sob influência do glam, punk e rock alternativo. Em 2007 Lou Reed, lançou o seu último disco, o “Hudson river wind meditations”.

Em maio, depois do transplante a que foi submetido, sua mulher, Laurie Anderson, chegou a dar uma declaração ao “The Time” sobre o cantor, afirmando que “Foi tão sério quanto poderia ser, ele estava morrendo. Não acredito que ele vá se recuperar totalmente, mas certamente ele vai voltar à atividade em alguns meses”.

Depois de alguns dias das declarações da mulher ele escreveu nas redes sociais uma mensagem para tranquilizar os fãs: “Sou um triunfo da medicina moderna, da saúde e da química. Sou maior e mais forte do que nunca. Espero voltar aos palcos e fazer mais músicas”.

Cantor deixa legado musical (Foto: Divulgação)

Cantor marca uma geração

No início do ano, Lou Reed cancelou uma série de apresentações “devido a inevitáveis complicações” – entre elas, as do festival Coachella. Lou Reed deixa um legado na música e com certeza será lembrado por gerações que admiram o seu trabalho.

Reply