Jejum engorda: entenda por que isso acontece

Um estudo recente feito pela nutricionista Roberta Cassani, do Instituto de Nutrição, em Itu, no interior de São Paulo, mostra que, quanto maior a…

Um estudo recente feito pela nutricionista Roberta Cassani, do Instituto de Nutrição, em Itu, no interior de São Paulo, mostra que, quanto maior a quantidade de horas sem ingerir nada, maior será a circunferência abdominal da pessoa. O levantamento levou em consideração a análise de hábitos e características de 379 mulheres de 10 a 75 anos de idade, sendo que algumas são mais gordinhas e outras mais magras. Entenda porque o jejum engorda.

Ficar sem comer desacelera o metabolismo (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Dieta: mentiras e verdades para quem quer 

Jejum engorda: entenda por que isso acontece

Segundo informações da pesquisadora, o principal motivo que faz o jejum prolongado engordar é que a refeição montada depois desse período de escassez costuma ser um exemplo de desequilíbrio calórico e nutricional. As pessoas pesquisadas geralmente ficavam em jejum no período da tarde.

Jejum prolongado faz a pessoa comer mais

Uma das teorias para explicar porque ficar horas sem comer faz engordar é que as es pessoas que passam muito tempo sem comer acabam atacando a comida na primeira oportunidade que possuem e não fazem escolhas saudáveis.

jejum dá barriga (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Dicas para não engordar

Jejuar da barriga

Entenda porque jejuar dar barriga:

Após essa refeição, o organismo está alimentado e nutrido, mas isso se a alimentação for balanceada. Nas primeiras quatro horas os nutrientes ficam em seu organismo, depois ele vai sumindo. Por isso, ficar muito tempo sem comer te deixa fraco.

Se depois de quatro horas da ultima refeição você não comer nada novamente acontecerá alterações metabólicas. Uma dessas mudanças é relacionada à glicose, que está em falta no organismo. O corpo busca alternativas de fornecimento de glicose ao cérebro e o corpo passa a liberar mais grelina. Esse hormônio é produzido no estômago e dispara o sinal de fome. Assim, excesso de grelina na circulação sanguínea causa uma comilança e gula.

Continuar Lendo  Decoração de festas na sexta-feira 13: dicas, fotos

O jejum prolongado é seguido de um apetite extremo, gordura no fígado, obesidade e diabetes tipo 2. Por isso, o bom mesmo é comer de três em três horas e coisas saudáveis e que sustente a fome por mais tempo.

Top