Farinha de trigo, milho e mandioca: conheça os benefícios de cada tipo

Farinha de trigo, milho e mandioca: conheça os benefícios de cada tipo

A farinha é um alimento rico em cálcio, potássio, ferro e fibras. No entanto, ela também é uma poderosa fonte de carboidrato, por isso…

Por Isabella Moretti em 13/10/2013

A farinha é um alimento rico em cálcio, potássio, ferro e fibras. No entanto, ela também é uma poderosa fonte de carboidrato, por isso o seu consumo não deve acontecer de forma exagerada.

Farinha de trigo branca. (Foto:Divulgação)

Os principais tipos de farinha, como de trigo, milho e mandioca, possuem valores calóricos e carboidratos semelhantes, mas costumam apresentar diferenças com relação à quantidade de fibras.

Benefícios da farinha de trigo

A farinha de trigo é utilizada no preparo de muitas receitas, como pães, bolos, tortas e panquecas. Ela pode ser encontrada à venda em duas versões: branca e integral.

A farinha branca é considerada mais calórica do que a integral, afinal, 100 gramas equivalem a 371 calorias. Na versão integral, o valor calórico é de 339. O consumo de farinha branca é recomendado antes do treino, pois ela se destaca como uma poderosa fonte de carboidratos simples.

Muitas vantagens estão associadas ao consumo de farinha de trigo integral. Este produto tem menos calorias e costuma ser mais nutritivo, afinal, não passa pelo processo de refinamento como acontece com a farinha branca.

A versão integral é ideal para os diabéticos, pois as fibras atrasam a absorção do açúcar pelo sangue. Ela também é perfeita para o emagrecimento porque provoca a sensação de saciedade. Este tipo de farinha de trigo também melhora a situação de quem sofre com prisão de ventre.

Apesar de ser mais nutritiva, a farinha integral deve ser consumida com cuidado, pois o exagero prejudica a absorção de nutrientes.

Benefícios da farinha de milho

Farinha de milho. (Foto:Divulgação)

A farinha de milho preserva uma série de nutrientes importantes que o trigo costuma dispensar. Ela é um alimento perfeito para prevenir anemia e manter a taxa de colesterol em níveis adequados. Este produto também favorece as mulheres grávidas, pois é rico em ácido fólico e contribui com a formação do bebê. Outra vantagem da farinha de milho é que ela não contém glúten.

O milho é rico em vitamina A, uma substância essencial para a visão e para a diferenciação dos tecidos.

Benefícios da farinha de mandioca

Farinha de mandioca. (Foto:Divulgação)

A farinha de mandioca é usada para preparar bolos e muitas outras receitas. Sua composição é rica em fibras, garantindo assim um melhor funcionamento para o intestino. Ela também é uma boa opção contra o colesterol ruim.

A mandioca, principal ingrediente da farinha de mandioca, contribui com o sistema imunológico, favorece a absorção de ferro e tem alto valor energético.

Top