Estresse na faculdade: como lidar

Durante a faculdade é muito comum os alunos se sentirem pressionados, além de terem muitas atribuições como acadêmicos, o que gera muito estresse. Esse…

O estresse é muito comum entre os universitários.

Durante a faculdade é muito comum os alunos se sentirem pressionados, além de terem muitas atribuições como acadêmicos, o que gera muito estresse. Esse problema pode ser gerado durante o vestibular e permanecer durante toda a faculdade. Saiba mais.

Estudantes no período pré-vestibular

Segundo uma pesquisa realizada pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), o estresse adquirido pelos alunos no período pré-vestibular pode se manifestar nos dois primeiros anos da graduação, ou seja, na faculdade.

O estudo foi feito devido o aumento de doenças relacionadas ao estresse entre os alunos. Sendo as mais comuns a síndrome do ovário policístico, gastrite e dificuldade para o controle da diabetes. O objetivo foi de alertar os pais e professores para o aluno não ser prejudicado mais tarde.

Veja também o papel do maracujá no alivio do estresse.

Estresse na Faculdade

Período de provas, entrega de trabalhos, estágios de um lado e cobrança dos professores do outro são os principais fatores que desencadeiam o estresse nos alunos durante a faculdade. Alguns dos alunos ainda trabalham durante o dia e estudam a noite, fazendo com que acumule o estresse do trabalho com o da faculdade, dificultando ainda mais o dia a dia dos indivíduos acometidos.

O estresse excessivo pode causar problemas como gastrite nervosa, dores musculares, ansiedade, tristeza, insônia e em alguns casos diminuição ou aumento excessivo do apetite. É muito importante tomar alguns cuidados com esse problema, pois pode dificultar o desempenho do aluno.

Leia sobre a queda de cabelos por estresse.

Dicas para lidar com o estresse na faculdade

1.  Respire fundo: aproveite o intervalo entre as aulas para inspirar e expirar um pouco. Isso ajuda a tranquilizar e aliviar o estresse;

Continuar Lendo  Faculdade de Publicidade em Sorocaba

2. Faça alongamentos: os músculos tensos provocam desconforto e aumentam o estresse. Por isso, durante os intervalos faça também alongamentos dos braços, das mãos e pernas. O alongamento ajuda a aliviar a dor nos ombros e também as dores de cabeça;

3. Tome chás: os chás são muito bons para ajudar no alívio do estresse e acalmar. Os mais indicados são de camomila, erva cidreira e erva doce, pois possuem propriedades calmantes;

4. Tenha uma alimentação saudável: dê preferência para alimentos saudáveis ricos em nutrientes e vitaminas necessárias para o bom desempenho do cérebro. Isso ajudará muito para manter a calma e melhorar o desempenho do cérebro durante os estudos;

5. Não deixe nada para a última hora: planeje suas tarefas, estude com antecedência, não deixe para as últimas horas, pois isso aumentará o estresse e você acaba correndo o risco de não dar conta do recado;

Praticar um bom exercício físico é fundamental

6. Pratique exercícios físicos: a prática regular de exercícios físicos ajuda na liberação de substâncias que proporciona calma e tranquilidade, deixando mais fortes em situações de estresse;

7. Tenha uma boa noite de sono: dormir é essencial para repor as energias e colocar em ordem o cérebro e o corpo para os afazeres do dia, inclusive nos estudos;

8. Ouça músicas que gosta: ouvir música é uma excelente opção para aliviar o estresse depois da aula. Ela entra no cérebro e muda as atividades nas ondas alfa, que estão ligadas a calma.

Leia também: estresse constante pode causar doenças.

A combrança dos professores são os principais fatores de estresse

Para acabar com o estresse na faculdade é preciso mudar alguns hábitos que possivelmente contribuem para que isso aconteça. Não deixe as coisas para a última hora, isso pode piorar ainda mais o estresse. Outra dica é manter um bom relacionamento entre os colegas de classe pois é muito mais fácil permanecem em um ambiente harmonioso.

Continuar Lendo  Faculdade de Ciências Contábeis SP

Top