Dieta Mediterrânea ajuda manter cérebro saudável

Dieta Mediterrânea ajuda manter cérebro saudável, é o que afirma um estudo publicado pela Academia Americana de Neurologia, mostrando que esse famoso programa alimentar pode ser uma ótima opção para quem deseja emagrecer e ter uma vida melhor.

Dieta Mediterrânea ajuda manter cérebro saudável (Foto: Pixabay)

Rica em azeite, frutas, vegetais, grãos e feijão, a dieta mediterrânea também é conhecida por permitir o consumo moderado de vinho, laticínios e peixe, além de pequenas quantidades de frango e carne vermelha.

Muito popular entre os habitantes de países que ficam na região do Mar Mediterrâneo, essa dieta saudável traz uma série de benefícios para o organismo, prevenindo doenças do coração, por exemplo, e até mesmo o câncer, além de contribuir bastante para a perda de peso.

Dieta Mediterrânea ajuda manter cérebro saudável

Com o passar do tempo, a tendência é de que o cérebro encolha, mas esse processo pode ser retardado com a dieta do Mediterrâneo (Foto: Pixabay)

Para chegar à conclusão de que a Dieta Mediterrânea é benéfica para o cérebro foram reunidos dados de cerca de 900 pessoas, na faixa dos 70 anos de idade, que tiveram o volume cerebral, a grossura do córtex e o volume de massa cinzenta medidos antes de iniciar os estudos.

Decorridos seis anos do início da pesquisa, 401 participantes passaram pelo mesmo procedimento, e foi aí que os cientistas descobriram que, entre eles, quem não seguiu a dieta do Mediterrâneo tinha uma probabilidade maior de perder volume cerebral.

Nessa dieta, o consumo de vinho é liberado, mas deve ser moderado (Foto: Pixabay)

Segundo os pesquisadores, a diferença entre as dietas explica 0,5% da variação do volume total do cérebro, reforçando as evidências já existentes sobre os benefícios da Dieta Mediterrânea para o cérebro.

Ou seja, fazer dieta do Mediterrâneo pode ser uma ótima pedida para quem quer manter o cérebro saudável, já que à medida que envelhecemos, o cérebro encolhe e acontece a diminuição das células cerebrais, o que afeta diretamente a memória e o aprendizado.

Dieta Mediterrânea como fazer

Os peixes também fazem parte do cardápio da Dieta do Mediterrâneo (Foto: Pixabay)

Os benefícios da Dieta do Mediterrâneo vão muito além de manter o cérebro saudável por mais tempo, conforme já havíamos dito no início do texto, e para aproveitar tudo isso, você pode começar fazendo mudanças nos hábitos alimentares, reduzindo o consumo de produtos industrializados.

Ao mesmo tempo, priorize o consumo de alimentos saudáveis (dá até para tomar vinho, mas sem exagerar) e não se esqueça das atividades físicas, que ajudam a complementar o programa alimentar, trazendo resultados melhores e mais rápidos.

Leia mais sobre esse e outros assuntos navegando pelo Mundo das Tribos.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados