Benefícios do vinho para a saúde: mitos e verdades

Além de ser bastante saboroso, ideal para acompanhar refeições ou apreciar em ocasiões especiais, um bom vinho é um poderoso aliado da saúde. Entretanto,…

Além de ser bastante saboroso, ideal para acompanhar refeições ou apreciar em ocasiões especiais, um bom vinho é um poderoso aliado da saúde. Entretanto, existem vários mitos sobre o assunto, que podem acabar confundindo muitas pessoas. Esclareça as principais dúvidas e conheça os mitos e verdades sobre os benefícios do vinho para a saúde.

Apesar de ser benéfico, o vinho deve ser consumido com moderação. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre os benefícios do vinho

  • O vinho não faz bem para a saúde

Mito. Os benefícios do vinho para a saúde são comprovados e, dentre todas as bebidas, esta é provavelmente a mais saudável. É importante ressaltar que é possível desfrutar de seus benefícios apenas quando é bebido regularmente, em pequenas quantidades e acompanhando as refeições.

Os benefícios do vinho são resultantes do polifenóis, elementos encontrados naturalmente na casca e semente das uvas. Além de possuir um importante efeito antioxidante, esse elemento funciona como um antibiótico natural e previne a formação de placas de gordura dentro das artérias.

  • Vinho tinto é melhor que vinho branco

Verdade. O maior benefício do vinho tinto é devido sua maior concentração de polifenóis, que chega a ser até 10 vezes mais elevada do que no vinho branco. Por via de regra, quanto mais escuro o vinho e as uvas utilizadas para fazer a bebida, maior a quantidade de polifenóis.

  • O vinho é benéfico para todo organismo e especialmente para o coração

Verdade. O uso regular de vinho tinto é capaz de diminuir consideravelmente o risco de doenças cardiovasculares, podendo reduzir as mortes por essas causas em até 60%. Entretanto, os benefícios do vinho não se restringem apenas ao coração, e de acordo com estudos sobre o assunto, essa bebida também pode diminuir as chances de desenvolver doenças respiratórias, cerebrais, digestivas, urinárias, hematológicas e endócrinas.

Quanto mais escuro o vinho, maior a quantidade de polifenóis. (Foto: divulgação)

  • O álcool presente no vinho não faz mal para a saúde
Leia Também:  Moda Navy para o Verão 2012

Mito. Já foram identificadas mais de mil substâncias presentes no vinho, e dentre todas, a única que é reconhecidamente nociva é o álcool. Por isso, apesar do vinho trazer vários benefícios, quantidades exageradas dessa bebida podem ser tóxicas ao organismo, especialmente para o fígado, cérebro e coração.

  • O suco de uva não substitui o vinho

Verdade. Apesar do álcool poder ser nocivo quando ingerido em excesso, sua presença no vinho é capaz de fazer com que os polifenóis sejam absorvidos de forma muito mais eficiente. O resultado é um melhor aproveitamento da bebida e, consequentemente, mais benefícios à saúde. Isso não significa que não seja possível usufruir dos vários benefícios do suco de uva, especialmente aqueles que não fazem uso de bebidas alcoólicas.

O vinho é uma bebida muito saborosa e que pode trazer benefícios à saúde. (Foto: divulgação)

O vinho é uma bebida deliciosa que, quando consumido em quantidades moderadas regularmente, é capaz de proporcionar vários benefícios, prevenindo uma grande variedade de doenças, que não se restringem apenas ao sistema cardiovascular.

Top