Crise de espirro causa hemorragia cerebral que mata jovem de 17 anos

Espirrar é tão normal e inofensivo, certo? Digamos que a resposta correta seria “nem sempre”. Isso porque uma crise de espirro pode originar um…

Espirrar é tão normal e inofensivo, certo? Digamos que a resposta correta seria “nem sempre”. Isso porque uma crise de espirro pode originar um problema de saúde que pode até levar a morte. Parece exagero, mas foi exatamente isso que aconteceu com Liam Andrews, de 17 anos de idade. O jovem inglês morreu na cidade de Stockon-on-Tees, localizada no Nordeste da Inglaterra, após ter uma crise de espirro.

Jovem que morreu após crise de espirros (Foto: Divulgação)

Leia também: 5 dicas para reduzir os sintomas da gripe

Morte por crise de espirros

O rapaz teve uma crise de espirro e acabou desmaiando após isso. Ao ser levado as pressas ao médico descobriram no hospital que ele teve uma hemorragia cerebral decorrente dos espirros. Após quatro dias de internação, o jovem faleceu.

Durante entrevista realizada pelo site de notícias inglês Daily Mail, a mãe do garoto de 17 anos, Suzanne Andrews, explicou que o seu filho reclamou que estava com dor de cabeça após dar seis espirros seguidos. “Pensei que não era nada sério, e mandei que ele tomasse um remédio, mas logo ele piorou. Ele revirava os olhos de dor e não conseguia mexer as mãos. Dei um copo d’água e ele jogou sobre si, porque estava com o corpo muito quente”, explicou a mãe do jovem.

Veja também: Absorvente mata jovem intoxicada

 

Crise de espirro matou garoto na Inglaterra (foto: ilustração)

Jovem morto por espirros salvou seis vidas

A morte de modo inesperado de um jovem de 17 anos acabou salvando seis vidas. Isso porque o adolescente morto depois de espirrar algumas vezes seguidas teve seus órgãos doados. As partes do corpo de Liam serviram para salvar as vidas de seis outras pessoas, o que foi motivo de orgulho para sua família.

Continuar Lendo  Sentir muita raiva prejudica a saúde

Além das doações, a família usou o momento de dor para salvar mais vidas. No funeral de Liam, a família do jovem lançou uma campanha e arrecadou 500 libras (cerca de R$ 2 mil) para um instituto de apoio à Síndrome de Down.

Top