Como se proteger do Ebola

As informações sobre como se proteger do Ebola passaram a ser bastante procuradas nos últimos dias, devido à maior epidemia do vírus Ebola da…

Por Andre em 03/08/2014

As informações sobre como se proteger do Ebola passaram a ser bastante procuradas nos últimos dias, devido à maior epidemia do vírus Ebola da história que está atingindo os países da porção oeste do continente africano, deixando em alerta todo o mundo.

Como se proteger do ebola (Foto: Divulgação)

De acordo com os dados mais recentes divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), já foram registrados mais de 1.300 casos e mais de 700 mortes relacionadas ao ebola na África ocidental, em países como Libéria, Nigéria, Guiné e Serra Leoa, entre outros.

Antes de saber quais são as medidas de prevenção do ebola, é necessário conhecer os sintomas do ebola, que incluem febre, diarreia, vômitos, dores de cabeça, dores musculares e nas articulações, falta de apetite e dor estomacal. Em alguns casos, ela também resulta em hemorragia.

Como evitar as doenças causadas por vírus

Saiba o que é a Mers e se a doença pode chegar ao Brasil

Como se proteger do Ebola

As pessoas mortas pelo ebola devem ser enterradas ou cremadas imediatamente (Foto: Divulgação)

Com medo de que a epidemia do ebola se propague para outras regiões, a OMS e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) divulgaram algumas medidas de proteção contra o ebola.

Como a transmissão do ebola se dá pelo contato direto com os fluídos corporais da pessoa infectada ou após a exposição a objetos contaminados com as secreções infectadas (como as seringas, por exemplo), o cuidado mais básico é evitar ter contato com saliva, suor, sangue, sêmen, muco, fezes e vômito das pessoas que apresentam os sintomas da doença.

Também é fundamental evitar o contato com cadáveres de pessoas que morreram de ebola (devem ser enterrados de forma rápida e segura), e não comer ou tocar na carne crua de animais silvestres originários de regiões com suspeita de surto da doença.

Na África, muitas pessoas se infectaram com o vírus após o contato com morcegos frugívoros, macacos, chimpanzés, gorilas, porcos-espinhos e antílopes encontrados mortos na selva, segundo a OMS.

Outras dicas

Os profissionais da saúde que atuam no atendimento aos pacientes infectados precisam usar equipamentos de proteção (Foto: Divulgação)

Para quem está querendo saber como se proteger do ebola, também vale ressaltar outras dicas, principalmente no caso dos profissionais que trabalham na área de saúde. Primeiramente, é necessário isolar a pessoa infectada do contato com o público em geral.

Além disso, os profissionais que vão lidar diretamente com ela devem usar máscaras, luvas, e batas de mangas compridas na hora de cuidar do paciente, tomando cuidados com a higienização das mãos antes e depois do contato e muita atenção no uso e no descarte de seringas e agulhas.

Top