Como saber se uma dieta é correta

Manter a forma é algo que faz parte da rotina de muitas pessoas. A “luta” contra a balança é algo terrível para quem nunca…

Manter a forma é algo que faz parte da rotina de muitas pessoas. A “luta” contra a balança é algo terrível para quem nunca está no peso ideal. Porém, para conquistar as medidas desejadas, muitos acabam fazendo um cardápio totalmente inadequado, sem o menor equilíbrio, podendo deixar o organismo debilitado e sem os nutrientes necessários para que as atividades diárias continuem sendo executadas normalmente.

A dieta precisa ser rica em variedades para estar no caminho certo (Foto: Divulgação)

Confira também: Como fazer uma dieta corretamente

Como saber se uma dieta é correta

Dieta do carboidrato, da proteína, da sopa, do sol, da lua. São tantas as “fórmulas” milagrosas para adquirir o peso dos sonhos, que as pessoas acabam caindo em enrascadas, colocando em risco a saúde. Para conseguir perder o peso de vez e nunca mais sofrer com os excessos, é necessário fazer exercícios periódicos e manter um cardápio equilibrado. 

Ficar uma semana tomando sopa de repolho, ou comer somente pães e demais carboidratos, realmente causa um emagrecimento rápido, mas acontece que o corpo perde massa por estar sofrendo carência de componentes. A pressa é inimiga da perfeição e do bem-estar. Quem quer ficar magro de um dia para o outro priva-se de alimentos por um período e depois perde o controle comendo o que se vê pela frente. O meio de se alimentar corretamente é manter um cardápio equilibrado, com proteínas (magras), carboidratos (integrais de preferência), e muitos vegetais e frutas, além, claro, de ter que ingerir pelo menos dois litros de água diariamente.

Verduras, legumes e frutas devem ser acompanhados de proteínas e carboidratos (Foto: Divulgação)

Leia também: Como funciona a reeducação alimentar, dicas

Leia Também:  Reeducação alimentar: passo a passo para emagrecer

Essa dieta é correta e eficiente? 

As dietas eficientes são as saudáveis. É evidente que você precisa, em um primeiro momento, conferir as calorias para não exagerar e fazer algumas mudanças nos hábitos alimentares. Mas, o “regime” é a prévia de uma reeducação alimentar, que deverá ser seguida o resto da vida. Saber comer é vital e mais que necessário para manter o peso e a saúde. Para saber se a dieta é de fato boa e correta, observe o equilíbrio entre os alimentos de grupos diferentes (carboidratos, proteína e vegetais). Todos devem ser ingeridos diariamente.

Comer de três e três horas, ou seja, fazer em média seis refeições diárias é mais que preciso nesse processo. As quantidades precisam ser reduzidas, mas adequadas ao seu perfil de vida (horários de trabalho e demais atividades). Pular refeições nunca pode acontecer. Alguns alimentos aceleram o metabolismo, como gengibre, pimenta (pouca quantidade para evitar danos estomacais), chá verde, entre outros, e podem fazer parte do cardápio. As fibras também são importantes, pois dão a sensação de saciedade e ajuda a regular o intestino. Em caso de dúvida, consulte uma nutricionista, ela saberá como trabalhar a reeducação alimentar corretamente.

Top