Os perigos das plantas toxicas em casa

Ter plantas em casa, sem sombra de dúvidas é algo maravilhoso: nada é como trazer uma parcela da natureza para perto de nós, de…

Por Paulo Lima em 25/04/2012

Ter plantas em casa, sem sombra de dúvidas é algo maravilhoso: nada é como trazer uma parcela da natureza para perto de nós, de modo que podemos cuidar de seu crescimento e fazer disto uma ótima terapia.

Aparentemente inofensivas, as plantas tóxicas podem conter princípios ativos prejudiciais à saúde

No entanto, na hora de escolher as plantas que farão parte da decoração de nossas casas, muitas vezes não nos informamos a respeito da espécie, ao passo que as compramos sem saber se elas são de fato apropriadas para deixar em tal ou qual ambiente da residência.

Pensando em você, elaboramos esta matéria sobre os perigos das plantas tóxicas em casa, a fim de alertá-lo sobre as medidas que devem ser tomadas a este respeito. Confira:

☰ CONTEÚDO

Espécies

Algumas são as espécies de plantas que possuem princípios ativos prejudiciais à saúde. Veja quais são eles:

Oxalato de Cálcio

A ingestão ou o próprio contato com este componente pode causar uma sensação de queimação, edemas bucais, náuseas, vômitos, diarreia, asfixia e salivação abundante. Caso uma pessoa toque em uma planta com Oxalato de Cálcio e imediatamente coce os olhos, pode ocasionar lesões e irritações da córnea.

Plantas: As plantas detentoras desta composição química são o Tinhorão, Comigo-Ninguém-Pode, Copo-de-Leite, Taioba-Brava, Caládio entre outras.

A planta Comigo-Ninguém-Pode também possui o Oxalato de Cálcio

Látex Irritante

Este componente é capaz de causar sérias lesões na pele e também nas mucosas. Não obstante, quando uma criança ingere uma planta que possui este princípio ativo, inchaços de toda espécie, vômitos e náuseas também são eminentes. Em caso de contato com os olhos, edemas e dificuldade de visão também são ocasionados.

Plantas: Avelós, Coroa-de-Cristo e Bico-de-Papagaio são exemplos de plantas que possuem este agente tóxico.

Informe-se sobre as plantas ideais, que não contenham agentes prejudiciais à saúde

Toxalbumina

Existem diversos tipos de Toxalbumina: em alguns casos, a ingestão das plantas com este princípio ativo podem causar ações irritativas gastrointestinais, dores abdominais, náuseas, vômitos e cólicas intensas. Além disto, dispneia, arritmia ou até mesmo uma parada cardíaca pode ser ocasionada, de modo que é essencial manter plantas com este componente (incluindo seus frutos) longe do alcance das crianças.

Plantas: Pinhão Paraguaio, Coroa-de-Cristo, Mamona, Arnica, Alamandra e Olho-de-Cabra são alguns que possuem Toxalbumina em sua composição, em tipos diferenciados.

A mamona possui Toxalbumina em sua composição

Portanto, não basta apenas ter um ambiente bonito e diferenciado: torna-se extremamente essencial que uma pesquisa minuciosa seja efetuada no âmbito das plantas tóxicas, para adquirir aquelas que são infensivas ao organismo.

Em casos de complicações oriundas do contato ou ingestão de alguns dos componentes, jamais tome remédios por conta própria e procure um médico o mais rápido possível. Lembre-se que a maneira mais eficiente para se manter longe dos problemas é prevenir-se.

Top