Birra de criança: como lidar

Lidar com crianças birrentas e escandalosas é algo bastante vergonhoso para os pais e constrangedor para terceiros. Muitas pessoas acabam não sabendo o que…

Lidar com crianças birrentas e escandalosas é algo bastante vergonhoso para os pais e constrangedor para terceiros. Muitas pessoas acabam não sabendo o que fazer para contornar a situação, o que pode acabar favorecendo a perpetuação desse hábito infantil nenhum pouco agradável. Confira as dicas de como lidar com a birra de criança.

Aprenda como lidar com filhos mimados.

A criança birrenta pode ser um adulto problemático, que não sabe lidar com frustrações. (Foto: divulgação)

Saiba dizer “não”

Pais que não sabem impor limites e acabam cedendo aos desejos dos filhos tem maiores chances de sofrer com esse tipo de problema. É preciso ficar atento, pois os primeiros erros por excesso de carinho começam ainda quando bebê, que chora quando não consegue satisfazer seus desejos, por mais absurdos que possam parecer – como subir na mesa, brincar com o controle-remoto, não devolver o brinquedo do irmão… Conforme todos seus desejos são atendidos, com o tempo ela aprende que para conseguir o quiser, basta chorar.

Não perca o controle

A regra mais importante para acabar com a birra das crianças é não se desesperar, pois gritar, ameaçar fisicamente e sair do controle acaba reforçando ainda mais o mau comportamento da infantil. O fato é que os pequeninos são muito inteligentes, e assim que percebem seu sucesso em tirar o adulto de controle e chamar sua atenção, sabem que estão mais próximas de conseguir o que desejam, principalmente quando estão em público. Daí a situação só piora e o escândalo pode ser muito maior.

Veja algumas dicas para cuidar dos filhos sem perder as estribeiras.

Quando a criança começa a dar show, os pais não devem supervalorizar a situação. (Foto: divulgação)

Não supervalorize a situação

Segundo os especialistas em educação infantil, assim que a criança começa a dar seu show, esperneando, gritando e chorando, os pais devem dar apenas um pouco de atenção, evitando estender a bronca por muito tempo e, principalmente, não ficar assistindo ao espetáculo.

Leia Também:  Dicas de boas maneiras para viagens aéreas

Aprenda a não recompensar a má conduta

Nos casos em que esse tipo de problema ocorre em locais públicos, como em parques ou festas, o recomendado é que os pais abracem a criança (sem pegá-la no colo) de forma a acalmá-la e, assim que a situação se normalizar, voltem pra casa. De forma alguma uma birra pode ser recompensada com qualquer tipo de diversão. Isso também vale para as barganhas como “se você ficar boazinha, te compro um sorvete”.

Pais com pulso firme

Os pais precisam ser bastante determinados em resolver esse tipo de conflito de uma vez por todas e, mesmo que o pequeno chore ou fique com raiva, é importante não voltar atrás nas decisões e ceder às suas vontades. Pais que atendem a todos os desejos dos filhos criam adultos problemáticos, que não sabem lidar com frustrações e apresentam dificuldade de relacionamento.

Confira o que fazer em um ataque de birra.

A birra se desenvolve desde cedo. (Foto: divulgação)

A birra infantil é um dos comportamentos mais detestáveis da criança. Entretanto, é necessário que os pais entendam que este é o meio pelo qual ela aprendeu a ter todos os seus caprichos atendidos. Vale a pena destacar que se a criança continuar se comportando como birrenta, mesmo após os pais seguirem todas as dicas à risca, pode ser a hora de procurar ajuda profissional, pois, caso contrário, a criança acabará se fechando em uma ideia fixa, sem ser capaz de enxergar outras possibilidades.

Top