Como lidar com um ataque de birra

Como em um passe de mágica, o seu filho pode passar de mocinho bonzinho ao mais temido dos vilões com um ataque de birra,…

Por Editorial MDT em 28/12/2011

As crianças fazem birra por não saberem se expressar por meio de palavras. (Foto: Divulgação)

Como em um passe de mágica, o seu filho pode passar de mocinho bonzinho ao mais temido dos vilões com um ataque de birra, que vem e vai rapidamente, sem nos darmos conta. No entanto, nesses poucos minutos que ele ficou atacado, causou estresse em você e em todas as pessoas que estavam por perto. Algumas crianças ficam violentas e acabam se batendo ou se machucando sozinhas, o que desespera qualquer pessoa. Por isso, saiba como lidar com um ataque de birra.

Esses ataques são mais frequentes entre crianças de 1 a 3 anos porque elas ainda não sabem se expressar corretamente por meio de palavras e, portanto, usam o grito, o choro e os tapas para demonstrarem a sua frustração por não terem conseguido algo. Nas primeiras vezes, você não saberá o que fazer, pois os surtos começam repentinamente, mas com o tempo, através da conversa e de muita paciência, o seu filho vai compreendendo que não é desse modo que ele conseguirá o que deseja.

Por isso, você deve ter muita paciência e compreensão para entender o que a criança está sentindo e não consegue expressar de modo coerente. Então, assim que ela começar a ter um ataque de birra, respire fundo para ficar calma e aproxime-se dela para que ela saiba que você não a abandonará nos seus momentos difíceis, pois essa chuva de emoções também é assustadora para a criança, que não sabe controlá-la.

Seja forte e paciente para não ceder ao que a criança quer. (Foto: Divulgação)

Para alguns especialistas, o ideal é que você a pegue no colo e a abrace para confortá-la, mas outros defendem que é melhor deixar a criança tendo o seu chilique sozinha, contanto que haja alguém por perto. Portanto, quem saberá o melhor modo de lidar com essa situação será você, através da tentativa e do erro.

No entanto, quando a criança estiver tendo um ataque de birra, não ceda ao que ela deseja se não for correto, porque você estará criando uma pessoa mimada e dependente. Sendo assim, leve-a a algum local isolado e converse seriamente com ela, dizendo que não adianta ela chorar, pois você não dará o que ela quer, explicando-lhe os motivos reais.

Após chorar, espernear e gritar, a criança finalmente se cansa do ataque de birra. (Foto: Divulgação)

Não é fácil lidar com um ataque de birra, principalmente quando ele acontece em lugares públicos. Porém, não ceda ao que o seu filho quer somente para que ele fique quieto. Para tanto, seja forte e tranquila para conversar bastante com ele a respeito dos seus direitos e obrigações.

Top