Alimentos que são ruins para os ossos

A diminuição de massa óssea é um grande problema que acomete muitas pessoas em todo o Brasil. De acordo com a Sociedade Brasileira de…

A diminuição de massa óssea é um grande problema que acomete muitas pessoas em todo o Brasil. De acordo com a Sociedade Brasileira de Osteoporose, estima-se que existem mais 5,5 milhões de brasileiros que sofrem com a osteoporose, sendo a maior parte mulheres acima de 50 anos e na menopausa. Saiba mais sobre o assunto e veja os alimentos que são ruins para os ossos.

A cafeína é prejudicial para os ossos. (Foto: divulgação)

Enfraquecimento dos ossos

A osteoporose é um problema que evolui de forma lenta e raramente apresenta sintomas antes que aconteça algo de maior gravidade, como fratura, que geralmente é causada por uma queda. Segundo dados do Ministério da Saúde, acontecem em torno de um milhão de fraturas no Brasil a cada ano e em torno de 250 mil são provenientes da osteoporose.

Por isso, é essencial dar ênfase par a prevenção. O ideal é que desde a gestação, a alimentação seja aderida como maneira de prevenir essa doença. Se um indivíduo tiver uma alimentação rica em cálcio, ômega 3, vitamina D durante toda a vida, menores são as chances de apresentar osteoporose na fase adulta. Existem alguns alimentos que ajudam a combater a doença e fortalecer os ossos, assim como existem os que são considerados ruins.

Os refrigerantes fazem mal para os ossos. (Foto: divulgação)

Alimentos que são ruins para os ossos

1. Sal: esse alimento ajuda a sugar o cálcio dos ossos, enfraquecendo-os ao longo dos anos. A cada 2.300 mg de  sódio que consumimos, perdemos em torno de 40 mg de cálcio. O consumo desse alimento deve ser moderado.

2. Refrigerantes: esses alimentos representam um alto perigo para os ossos. O fizziness presentes nas bebidas carbonatadas, muitas vezes são provenientes do acido fosfórico, que aumenta a taxa na qual o cálcio é eliminado pela urina.

Leia Também:  Truques para manter a maquiagem em dias quentes

3. Cafeína: a cada 100 mg de cafeína consumida, perdemos em torno de 6 mg de cálcio. Pode parecer pouco, mais se o consumo for diário pode se tornar um problema para os ossos. O ideal é substituir essas bebidas por outras como leite e sucos fortificados.

4. Álcool: esse elemento é considerado um bloqueador de cálcio, que impede a absorção de minerais dos ossos. Tomar muitas bebidas alcoólicas impede que os ossos sejam remodelados, tornando-os mais fracos.

5. Óleos hidrogenados:de acordo com pesquisas, o processo de hidrogenação que transforma óleos vegetais líquidos em sólidos, destrói a vitamina K encontrada naturalmente nos óleos essenciais. Essa vitamina é indispensável para ter ossos fortes. Por isso, o ideal é consumir óleos de canola e outros vegetais.

Aposte no consumo de alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados. (Foto: divulgação)

A alimentação saudável é indispensável para o bom funcionamento do nosso organismo. Cerca de 90% das brasileiras não consomem quantidades adequadas de cálcio. Os alimentos que são ruins para os ossos devem ser evitados para garantir que a saúde dos ossos seja preservada. Aposte no consumo de alimentos ricos em cálcio como leite e derivados.

Top