Menu

Notícias

Atualizado em 16 de junho de 2012, às 12:59 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Tratar anemia, dicas, alimentos indicados

A anemia é um problema simples e que pode cursar com graves consequências se não for tratado a tempo. Conheça as formas de tratamento e os alimentos mais indicados.
467971 Tratar anemia dicas alimentos indicados Tratar anemia, dicas, alimentos indicadosA anemia é a diminuição de hemácias e hemoglobina. (Foto: Divulgação)

Anemia é o termo usado para se referir à condição do organismo que sofre com deficiência na concentração de hemácias (a célula vermelha do sangue), ou de hemoglobina, uma proteína que fica localizada no interior da hemácia e serve para transportar oxigênio, nutrindo todas as células do organismo.

Este problema de saúde é muito mais comum do que se imagina e, segundo o Ministério da Saúde, cerca de 50% das crianças com idade até cinco anos e 30% das mulheres gestantes são portadores de anemia.

Sintomas e consequências da anemia

Os danos causados pelo quadro anêmico irão depender, principalmente, da idade em que iniciaram os sintomas. As crianças poderão apresentar atraso no crescimento, perda de peso, dificuldade de concentração e memória e consequente piora do desempenho escolar. Se não tratada a tempo, as sequelas mais graves serão a baixa estatura e o retardo mental, que não poderão ser revertidos. Em situações extremas a anemia pode provocar até mesmo uma insuficiência cardíaca.

Confira algumas dicas de como tratar a anemia infantil.

Os adultos costumam se queixar de diminuição do desempenho no trabalho, adinamia, sonolência constante, irritabilidade, fraqueza intensa, cansaço contínuo, tontura, falta de ar, perda de apetite e palidez na mucosa dos olhos e lábios. Em pessoas previamente sadias, geralmente não costuma haver sequelas.

467971 sintomas anemia niños niñas Tratar anemia, dicas, alimentos indicadosSonolência, indisposição e dificuldade de raciocínio são sintomas de anemia.

Alimentos indicados

Para prevenir o aparecimento da anemia é muito importante consumir alimentos ricos em ferro, como é o caso dos que possuem origem animal, como carne vermelha, ovos, fígado e derivados do leite, e em quantidades mais modestas, a carne de frango e peixe. Vegetais de folha verde-escura, como couve, espinafre e rúcula, são indicados. É importante lembrar que a beterraba possui quantidade modesta de ferro, e ao contrário do que muita gente pensa, não é um santo remédio para tratar anemia.

A melhor maneira de garantir a absorção adequada do ferro ingerido é consumindo os alimentos em jejum, seguido pela ingestão de vitamina C, que pode ser encontrada na laranja, acerola, limão, agrião, pimentão e também nos vegetais com folhas verde-escuras.

Saiba mais sobre os alimentos que contém ferro e podem ser usados para combater a anemia.

Dicas

  • É fundamental deixar claro que nem sempre a alimentação é suficiente para dar fim na anemia, e por isso a consulta médica é fundamental para que o especialista possa receitar uma complementação de ácido fólico, ferro e vitamina C. Através de exames sanguíneos é possível saber exatamente qual o mineral ou vitamina que está em falta, para que o problema seja corrigido mais efetivamente;
  • Além da dieta, crianças podem se beneficiar com o uso de vermífugos. Os parasitas intestinais podem provocar hemorragias e ainda dificultar a absorção dos nutrientes alimentares, levando ao aparecimento da anemia;
  •  Mulheres no período menstrual e que costumam apresentar fluxo aumentado na quantidade de sangue ou nos dias de descida, podem sofrer perda excessiva de ferro e vir a apresentar um processo anêmico;
467971 carne Tratar anemia, dicas, alimentos indicadosOs alimentos de origem animal e vegetais verde-escuro são ricos em ferro.

Conheça o cardápio que podem ser usadas no combate da anemia ferropriva.

A anemia é uma doença extremamente comum, especialmente em países com má distribuição de renda, como é o caso do Brasil, e seu não tratamento pode desencadear uma série de complicações, especialmente quando o paciente se encontra em fase de desenvolvimento. A melhor forma de tratamento ainda continua sendo a prevenção, que é muito simples e eficiente, baseando-se, principalmente, em uma dieta equilibrada e com quantidades adequadas de alimentos de origem animal.