Menu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Minha Casa Minha Vida 2017: cidades e inscrições

A terceira fase do programa promete realizar o sonho da casa própria para milhares de famílias em todo o Brasil.
Por Élida Santos -

O programa Minha Casa Minha Vida 2017 oferece várias alternativas para você realizar o sonho da casa própria. Confira, a seguir, os detalhes sobre cidades e inscrições, além de outras informações para garantir a sua participação.

Minha Casa Minha Vida 2017: cidades e inscrições (Foto: Reprodução Minha Casa Minha Vida)

Principal programa de habitação do governo federal, o Minha Casa Minha Vida tem como foco as pessoas de baixa renda, que podem comprar imóvel financiado mais barato e em condições diferenciadas de pagamento.

Mais de um milhão de moradias populares já foram entregues pelo projeto nos últimos anos, e para 2017 a expectativa é de que um grande número de famílias sejam contempladas, podendo financiar a casa própria para sair do aluguel.

Minha Casa Minha Vida 2017: cidades e inscrições

Através do programa você pode financiar a casa própria em condições diferenciadas de pagamento (Foto: Reprodução Portal Brasil)

Na terceira fase do Minha Casa Minha Vida a meta é disponibilizar 600 mil unidades, entre casas e apartamentos, conforme as previsões iniciais. Ou seja, é a chance que você esperava para comprar imóvel financiado, aproveitando a menor taxa de juros do mercado e com a possibilidade de parcelar o pagamento em até 30 anos.

Com relação às cidades Minha Casa Minha Vida 2017, o programa está presente em municípios de todo o Brasil. Para saber se o financiamento está disponível em sua região, atualmente, você pode procurar a Prefeitura da sua cidade ou ir à agência da Caixa Econômica Federal mais próxima.

Já as inscrições Minha Casa Minha Vida 2017 podem ser feitas de duas maneiras. As famílias com renda mensal inferior a R$ 1.800,00 precisam se inscrever na prefeitura ou em uma entidade organizadora, para então dar início ao processo de seleção junto à Caixa.

E se a família ganha até R$ 6.500,00 por mês pode, além de se inscrever nas entidades organizadoras, ir diretamente à Caixa para efetuar o cadastro Minha Casa Minha Vida 2017. Após a inscrição, a CEF analisa o cadastro, e as famílias selecionadas são avisadas sobre a data do sorteio Minha Casa Minha Vida e da assinatura do contrato de compra e venda do imóvel.

Minha Casa Minha Vida 2017 requisitos

Antes de assinar o contrato do financiamento é feita a análise da documentação do interessado (Foto Ilustrativa)

Quem pode participar do Minha Casa Minha Vida 2017? Para se candidatar ao financiamento de imóveis oferecido pelo governo federal você não pode ser dono ou ter financiamento de imóvel residencial e nem possuir débitos com o governo.

Além disso, os interessados não podem ter recebido benefício de outro programa habitacional do governo federal e nem estarem cadastrados no Sistema Integrado de Administração de Carteiras Imobiliárias (SIACI) e/ou Cadastro Nacional de Mutuários (CMUT).

Com relação às faixas de renda Minha Casa Minha Vida, são elas:

  • Faixa 1: renda familiar até R$ 1.800,00 (financia até 90% do valor do imóvel)
  • Faixa 1,5: renda familiar até R$ 2.350,00 (subsídio de até R$ 45.000,00)
  • Faixa 2: renda familiar até R$ 3.600,00 (subsídio de até R$ 27.000,00)
  • Faixa 3: renda familiar até R$ 6.500,00 (juros de 8,16% ao ano)

Minha Casa Minha Vida 2017 simulador

Faça a simulação do Minha Casa Minha Vida e verifique se você pode participar do programa (Foto Ilustrativa)

Quer saber se a sua renda é compatível com o programa e conferir qual seria o valor da sua parcela mensal? Basta usar o simulador Minha Casa Minha Vida 2017, disponível na página oficial do programa.

No site do programa você confere ainda a lista de documentos para inscrição Minha Casa Minha Vida e muitas outras informações sobre o projeto. Detalhes do programa também estão disponíveis na página da Caixa.

Leia mais sobre esse e outros assuntos navegando pelo Mundo das Tribos.


RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL