Transtorno bipolar: como identificar, sintomas

O transtorno bipolar ou transtorno maníaco-depressivo é um dos distúrbios psiquiátricos que apresenta melhor resposta ao tratamento. Infelizmente, o diagnóstico dessa doença continua sendo…

O transtorno bipolar ou transtorno maníaco-depressivo é um dos distúrbios psiquiátricos que apresenta melhor resposta ao tratamento. Infelizmente, o diagnóstico dessa doença continua sendo estigmatizante, principalmente em regiões onde há falta de acesso à informação, o que pode retardar a busca por acompanhamento médico, causando sofrimento mental além de diversos problemas na vida familiar e profissional. Saiba como identificar o transtorno bipolar e conheça os principais sintomas.

Saiba mais sobre classificação do transtorno bipolar e os tratamentos disponíveis.

A pessoa bipolar alterna entre o estado de mania e o depressivo. (Foto: divulgação)

Principais sintomas

Um paciente com transtorno bipolar sofre de alterações em seu humor, que podem ser bem características ou bastantes sutis, dependendo de cada caso. Geralmente o comportamento tende a alternar entre a mania e a depressão, intercalados por períodos de normalidade. É possível que a duração dos ciclos durem alguns dias ou até mesmo meses, se alterando sem nenhum tipo de sinal premonitório.

Fase de mania

A fase de mania é caracterizada por alguns dos seguintes sintomas:

  • Paciente se sente cheio de energia para realizar tarefas;
  • Aparentemente pensa e fala rapidamente;
  • Apresenta várias ideias ao mesmo tempo;
  • Sente-se invencível;
  • Adora uma postura imprudente e perigosa para si e para quem está ao seu redor;
  • Desenvolve delírios de fama;
  • Queixa-se de insônia;
  • Dificuldade de concentração;
  • Torna-se facilmente irritável.

 

A fase depressiva costuma cursar com desinteresse por atividades habituais. (Foto: divulgação)

Veja fotos de alguns famosos que sofrem com o transtorno bipolar.

Fase depressiva

Durante a fase depressiva o paciente pode apresentar:

  • Sentimento de falta de esperança;
  • Perda do interesse em atividades que costumava realizar e em outras pessoas;
  • Alterações consideráveis no peso;
  • Cansaço contínuo;
  • Pode sofrer insônia ou dormir mais que o habitual;
  • Sente dores inexplicáveis;
  • Dificuldade de concentração;
  • Pensamentos suicidas.
Leia Também:  Alimentação vegana: cuidados

Causas do problema

As causas do transtorno bipolar ainda não são totalmente conhecidas, mas envolve fatores como hereditariedade, alterações químicas cerebrais que ainda estão sendo estudadas e estresse intenso.

Entenda como ajudar uma pessoa bipolar.

Como identificar a doença

Como foi dito anteriormente, a apresentação clínica do transtorno bipolar possui amplo espectro, podendo cursar com o quadro clínico clássico e florido com vários dos sintomas das fases de mania e depressiva, como também pode ser bastante sutil em algumas situações. Mediante a suspeita da doença, é importante procurar um médico psiquiatra e proceder com uma avaliação minuciosa.

Confira alguns mitos e verdades sobre o transtorno bipolar.

O transtorno bipolar é uma das doenças psiquiátricas que responde melhor ao tratamento. (Foto: divulgação)

É importante acabar com a estigmatização desse problema e lembrar que o transtorno bipolar não é nenhum tipo de sinal de fraqueza moral e muito menos é causado por coisas que o paciente fez ou deixou de fazer. A busca pela ajuda médica é fundamental, pois como em qualquer outra doença psiquiátrica, não existe melhora sem tratamento.

Top