Tintas para pintar casa: tipos, diferenças

Com tantas opções de tintas para pintar a casa nas lojas, é natural os consumidores ficarem confusos na hora de comprar um produto. Além…

No mercado é possível encontrar uma extensa variedade de tintas para pintar a casa. (Foto:Divulgação)

Com tantas opções de tintas para pintar a casa nas lojas, é natural os consumidores ficarem confusos na hora de comprar um produto. Além de definir detalhes como cor e brilho, também é necessário escolher uma tinta que apresente boa fixação, resistência e que satisfaça o efeito estético esperado.

Escolhendo a tinta para pintar a casa

Para conseguir definir a melhor opção de tinta, é importante que o consumidor saiba como distinguir as diferenças entre os produtos. Vale a pena ler as indicações da embalagem, além de pedir orientações ao vendedor. De qualquer forma, o consumidor precisa adquirir um produto que reconheça as necessidades da superfície que pretende pintar.

As tintas que são encontradas atualmente no mercado apresentam fórmulas mais eficazes do que há alguns anos atrás. As novas tecnologias fizeram com que os produtos fossem capazes de identificar o que cada superfície precisa para um acabamento perfeito. Também satisfazem as expectativas quanto à remoção da sujeira, resistência a movimentos da estrutura, durabilidade e umidade.

Saiba mais: Como escolher a cor da tinta da sua casa?

Tipos de tintas e suas diferenças

As tintas látex e acrílica são usadas para pintar paredes. (Foto:Divulgação)

Tinta Látex PVA: este tipo de tinta é bastante usado nas obras e costuma facilitar a vida do pintor, pois possui base solúvel em água e não requer grandes preparos das ferramentas de pintura. Em casos de respingo em outro acabamento, basta limpar com água. O acabamento com tinta látex é recomendado para a parte interna da casa e tem a grande vantagem de secar rapidamente.

Leia Também:  Hepatite C: Sintomas, como tratar

Por outro lado, o látex PVA não é recomendado para as áreas molhadas, inclusive espaços externos expostos às chuvas. Também é desaconselhável para pintar corrimão. A superfície pintada com látex não pode ser lavada, deve ser limpa apenas com pano úmido.

Tinta Acrílica: uma opção muito usada para fazer o acabamento das paredes, devido a grande resistência. Este produto é parecido com a tinta látex com relação aos resultados, além de possuir secagem rápida e ser solúvel. O fator que diferencia os dois produtos é que a tinta acrílica apresenta resinas acrílicas, garantindo alta impermeabilidade. Com isso, o acabamento se torna perfeito para áreas externas (varanda, jardim) e áreas internas expostas a umidade (cozinha, banheiro).

Devido a sua maior resistência, a tinta acrílica é mais cara do que a látex.

Acabamento com tinta esmalte aplicado sobre a madeira. (Foto:Divulgação)

Tinta esmalte: o acabamento com tinta esmalte é recomendado para superfícies de ferro ou madeira, como corrimão, janela e porta. O resultado da pintura normalmente apresenta brilho intenso (quando não fosco). Este produto não é indicado para paredes e também não é solúvel em água. Seu custo supera as tintas látex e acrílica.

Tintas epóxi e poliuretano: estes produtos são usados normalmente para a pintura de caixa d’ água, piscinas e pisos, mas necessitam de mão-de-obra especializada.

Veja também: Tinta antibacteriana para pintar a casa

Top