Thiago Neves afirma que flamenguistas têm que chutar mais em gol

O Flamengo não atravessa um bom momento no Campeonato Brasileiro. Afinal, já são três partidas sem vencer. Resultados que tiraram a equipe da briga…

Thiago Neves tem uma média de três finalizações por partida neste Campeonato Brasileiro. Crédito: Alexandre Loureiro/VIPCOMM

O Flamengo não atravessa um bom momento no Campeonato Brasileiro. Afinal, já são três partidas sem vencer. Resultados que tiraram a equipe da briga pelo título do Brasileirão e também do G5. Agora, o rubro-negro carioca precisa vencer seus dois últimos duelos para garantir a classificação para a Libertadores sem a necessidade de depender de uma combinação de resultados.

Atento ao momento difícil do time na competição, o meia Thiago Neves parece ter identificado um dos problemas da equipe: a baixa quantidade de chutes a gol. “Eu tenho falado com o Ronaldo e com o Deivid que acho que o nosso time tem que finalizar mais. Vejo que os outros times chutam do meio da rua mesmo. Às vezes a bola vai na arquibancada, mas muitas vezes acerta. A gente chega na entrada da área e queremos um toque a mais. Temos que chutar mais em gol”, disse o meia flamenguista em entrevista ao site oficial do clube.

De fato, Thiago Neves tem razão. Segundo estatísticas do Instituto de Pesquisas Datafolha, o Flamengo é o quinto time que menos finaliza a gol na atual edição do Brasileirão. Até aqui, o rubro-negro carioca chutou em média 12,2 bolas por jogo, número bem inferior ao do líder Corinthians, que finaliza em média 15 vezes por partida.

Principais responsáveis em balançar as redes dos adversários, o trio ofensivo do Flamengo apresenta números baixos quando o assunto é finalização. Thiago Neves chuta em média três vezes ao gol por jogo, Ronaldinho Gaúcho 2,7 e o atacante Deivid apenas 1,4. Índices bastante baixos quando comparados ao do líder de finalizações do Brasileirão: o atacante Júlio César, do Figueirense, que bate em média 4,8 bolas no gol adversário por partida.

Leia Também:  Soberano em campo, Botafogo vence o Atlético-PR e permanece entre os líderes

Top