Técnica que cria esperma feminino e óvulo masculino

Não é de hoje que os cientistas estão tentando descobrir uma forma de produzir esperma feminino e óvulo masculino. Parece loucura, mas os estudiosos…

Não é de hoje que os cientistas estão tentando descobrir uma forma de produzir esperma feminino e óvulo masculino. Parece loucura, mas os estudiosos japoneses já sabem que é possível esta modificação extrema nos métodos de reprodução.

Pesquisa japonesa estuda um novo método de reprodução. (Foto:Divulgação)

Esperma feminino e óvulo masculino

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Kyoto, no Japão, constatou que as fêmeas conseguem produzir espermatozoides e os machos podem fazer óvulos. Os realizadores do experimento foram Katsuhiko Hayashi e seu orientador Mitinori Saitou. O artigo sobre o estudo foi publicado recentemente na revista Scientific American.

Para concluir que existe a possibilidade de fazer esperma feminino e óvulo masculino, os pesquisadores japoneses usaram as células da pele do camundongo para criar células-tronco germinativas primordiais, também conhecidas pelas siglas CGP. Estas estruturas foram convertidas, posteriormente, nas células reprodutivas masculinas e femininas.

A transformação em esperma e óvulo aconteceu depois que as CGP foram transplantadas para ovários e testículos de camundongos vivos. Assim, as células se desenvolveram e foram extraídas depois de maduras para o procedimento de fertilização in vitro.

Os primeiros experimentos foram realizados com camundongos. (Foto:Divulgação)

As células do camundongo macho foram usadas para fazer óvulos. Desta forma, o animal que antes era infértil se tornou fértil novamente através da transformação de células da pele em células germinativas.

O óvulo masculino foi usado para criar um filhote de rato, que veio ao mundo em perfeitas condições de saúde.

O estudo inicial foi feito em outubro de 2012, despertando o interesse de cientistas do mundo todo em virtude do potencial nos experimentos. Por muito tempo os pesquisadores aplicaram a técnica sem obter sucesso com o nascimento de filhotes vivos. Contudo, o progresso dos japoneses mudou essa realidade.

O óvulo masculino foi usado para criar um filhote de rato, que veio ao mundo em perfeitas condições de saúde. (Foto:Divulgação)

A técnica que cria esperma feminino e óvulo masculino em laboratório ainda está no início, mas já garante possibilidades surpreendentes para a reprodução. No entanto, os cientistas ainda precisam superar a frágil e deformada produção de óvulos.

Leia Também:  Coque desfiado: como fazer passo a passo

A aplicação da técnica em humanos

A equipe japonesa de pesquisadores já começou a aprofundar os estudos para aplicar a técnica de reprodução com esperma feminino ou óvulo masculino em humanos. Será um grande desafio para os estudiosos, afinal, as moléculas usadas para criar as células-tronco germinativas primordiais são muito mais complexas em humanos do que nos camundongos. Outro obstáculo que pode impedir os estudos é a dificuldade para conseguir embriões humanos para experiências.

Antes de aplicar a técnica em humanos, Hayashi e sua equipe vão usar embriões de macaco nos testes. Eles ainda afirmam que vai demorar muito tempo para que o procedimento possa ser usado pela medicina como tratamento de infertilidade.

Top