Sugestões de plantas para escritório

As plantas dão uma nova cara a ambientes empresariais e escritórios, que normalmente são locais frios e extremamente impessoais, mas além de serem uma…

As plantas dão uma nova cara a ambientes empresariais e escritórios, que normalmente são locais frios e extremamente impessoais, mas além de serem uma peça decorativa, ainda ajudam a purificar o ar de ambientes fechados. Uma pesquisa realizada na Universidade da Geórgia, na Grécia, afirma que plantas ornamentais podem reduzir a quantidade de compostos tóxicos do ar. Confira algumas sugestões de plantas para escritório:

Begônia. (Foto: Divulgação)

☰ CONTEÚDO

Begônia

A planta Begonia elatior, mais conhecida como Begônia, é ideal para a decoração de interiores em vasos, pois sua aparência nos lembra belos buquês de flores. A Begônia deve ser cultivada em substrato bem fértil, de preferência em ambientes ventilados, que estejam protegidos da luz do sol, da friagem e principalmente do vento, que maltrata as folhas coloridas. Para regar a planta é necessário muito cuidado, pois a água não pode entrar em contato com as folhas.

 

Palmeira Ráfis. (Foto: Divulgação)

Palmeira Ráfis

A Rhapis excelsa, chamada de Palmeira Ráfis, é uma planta de caule longo que cresce ereta, cheia de folhas plissadas próximas, e por isso, muitas vezes é confundida com o Bambu. Esta plantinha é ideal para a decoração de escritórios, ou até mesmo para a montagem de belos jardins com inspiração oriental, como no caso dos jardins de inverno, que dão outra cara para o local de trabalho. A Palmeira Ráfis ainda fica bem com todos os tipos de iluminação, e os cuidados diários são básicos, apenas regar a planta bem, mas sem deixar que o substrato se encharque.

 

Lírios da paz. (Foto: Divulgação)

Lírios da paz

Os Lírios da Paz são uma das poucas plantas que florescem na sombra, mas ainda assim elas requerem muita claridade. Para cultivar esta planta basta encontrar um local fresco e com sombra, mas que fique bem iluminado durante todo o dia. Entre os cuidados diários está o sol, que queima as folhas, e também a rega, que deve ser feita constantemente, para que o solo esteja sempre úmido, mas não encharcado.

Leia Também:  Como manter seu cão sempre cheiroso

Veja também: Decoração com plantas ajuda a refrescar a casa

 

Bromélia. (Foto: Divulgação)

Bromélia

A Guzmania ligulata, conhecida popularmente como Bromélia, é uma planta que conta com uma inflorescência em tons de vermelho, que contrastam com folhas verde escuro, o que a torna uma das plantas mais belas, e mais usadas para a decoração de ambientes internos, como apartamentos e escritórios.

Apesar de ser linda, a Bromélia pede alguns cuidados, como a exposição ao sol direto, que queima suas folhas e até mesmo pode matar a planta, e a rega. A Guzmania ligulata deve ser plantada em substrato para epífitas, mantida em um local iluminado, mas que não receba luz direta do sol e regada a cada dois.

Singônio. (Foto: Divulgação)

Singônio

O Singônio é aquela planta que tem folhas cheias de nervuras brancas, e que com  passar do tempo vão escurecendo, até ficarem completamente verdes. A planta é bem conhecida, pois devido ao formato de suas folhas, ela acaba sendo usada para a decoração de vasos, ou até mesmo como forragem de arranjos e jardins. O Singônio deve ser cultivado sempre à meia sombra e regado com bastante frequência, para que a terra se mantenha sempre fofa e úmida.

Leia também: Plantas indicadas para ambientes fechados

 

Top