Salário atrasado: o que fazer

De acordo com a lei, os salários devem ser pagos mensalmente até o quinto dia útil do mês subsequente ao vencido, como acontece com…

De acordo com a lei, os salários devem ser pagos mensalmente até o quinto dia útil do mês subsequente ao vencido, como acontece com grande parte dos empregadores, que cumprem o que foi estabelecido, pagando aos funcionários o salário combinado e em dia.

Bolso vasio

Muitos trabalhadores sofrem com o atraso no pagamento, situação que pode levar a sérios transtornos (Foto: Divulgação)

Crise financeira pode atrasar salário

Porém, algumas empresas podem estar passando por uma fase financeira ruim, resultando no atraso do pagamento, gerando uma situação complicada na relação entre patrões e funcionários. Há também aquelas empresas que deixam de cumprir as suas obrigações simplesmente por falta de honestidade, o que deixa ainda mais revoltados os trabalhadores que ficam sem receber.

Quando o salário atrasa, o trabalhador sofre com as consequências (Foto: Divulgação)

Atraso no salário

O atraso do salário pode causar vários transtornos na vida do empregado, principalmente nos casos daqueles que dependem do dinheiro para pagar o aluguel, a mensalidade da escola dos filhos e toda a despesa da casa (luz, telefone, água, gás, supermercado, etc). Pode até trazer transtornos psicológicos, problemas de saúde, entre muitos outros.

Leia também: Abandono de emprego – como proceder

reunião com o chefe

A melhor maneira de resolver a situação é conversando com o seu chefe, de maneira educada, para saber o motivo do atraso (Foto: Divulgação)

Converse com o seu patrão

Quando o salário atrasa, a melhor maneira de resolver a situação é procurar o seu superior (supervisor, gerente ou proprietário) e conversar com ele, de forma educada, falando sobre a importância que tem para você aquele dinheiro e deixando-o ciente de possíveis atrasos nas contas que você tem para pagar, principalmente se ele não tiver dado nenhuma satisfação.

Evite ser grosseiro, tenha bom senso e escute o que o seu chefe tem a dizer, pois o salário atrasado pode estar acontecendo em decorrência de alguma dificuldade pela qual está passando a empresa ou mesmo por algum problema no banco, que impediu o depósito do dinheiro.

Veja com ele qual é a previsão para a liberação do salário e aguarde até a data combinada.

Se a situação persistir peça demissão do trabalho (Foto: Divulgação)

Rescisão do contrato e pedido de indenização

Se a conversa com o patrão não tiver funcionado e o salário continuar em atraso, o trabalhador pode tomar algumas medidas legais contra a empresa, caso queira, procurando assessoria jurídica, entrando em contato com o sindicato que representa a sua categoria profissional ou indo até o Ministério do Trabalho, onde receberá todas as orientações.

Anteriormente, eram necessários três meses de salários atrasados para que o trabalhador rescindisse o contrato e tivesse direito a indenização, mas alguns especialistas afirmam que mesmo com um dia de atraso no salário, isso já pode acontecer.

Entenda um pouco mais sobre o assunto: O que é rescisão indireta?

Dessa forma, há a rescisão indireta do contrato de trabalho por culpa do empregador, que não pode exigir do funcionário o cumprimento de aviso prévio. Além disso, a empresa tem que pagar todos os direitos do funcionário como se ela o tivesse demitido, e pode ser obrigada a pagar indenização ao empregado, mediante solicitação na justiça.


Top