Quem são os Black Blocks?

Quem são os Black Blocks?

Na semana passada, foram registradas ações dos Black Blocks durante o protesto dos professores, que aconteceu no Rio de Janeiro. Muitos educadores se retiraram…

Por Isabella Moretti em 14/10/2013

Na semana passada, foram registradas ações dos Black Blocks durante o protesto dos professores, que aconteceu no Rio de Janeiro. Muitos educadores se retiraram da manifestação em virtude dos anarquistas, que picharam paredes e depredaram lojas.

Os Black Blocks são anarquistas que usam máscaras e se vestem de preto. (Foto:Divulgação)

Entenda o que são os Black Blocks

Os Black Blocks são indivíduos que se reúnem com a finalidade de protestar através de uma ação anarquista. O grupo age com violência e vandalismo, além do que os seus integrantes costumam usar máscara para preservar a identidade.

Não existe uma organização fica para o grupo Black Block. No entanto, as pessoas são movidas pelo espírito anarquista, que sempre existiu.

Os anarquistas participam de ações com o Black Block por diferentes motivos. Eles lutam por visibilidade, Ideais e Autonomia para combater as injustiças que prevalecem na sociedade. A questão mais preocupante, no entanto, é o emprego da violência contra o Estado, que normalmente motiva agressões contra policiais e destruição de patrimônio público.

Os manifestantes chegam a destruir estabelecimentos, como agências bancárias. (Foto:Divulgação)

Tanto no Brasil como em outras partes do mundo, os integrantes do Black Blocks usam o Facebook para combinar ações, postar fotos, vídeos e mensagens. Foi através da rede social que o Black Bloc Egypt convocou jovens para ataques ao palácio presidencial no Cairo.

Os integrantes dos Black Blocks normalmente são jovens mascarados, vestidos de preto e que andam em grupos no meio dos protestos. Em geral, são indivíduos com ativa participação política no dia-a-dia. Eles não possuem uma liderança clara e vivem entrando em confronto com a polícia.

A origem dos grupos Black Blocks

Na América do Norte, os Black Blocks surgiram durante a Guerra do Golfo (1991). Os anarquistas, por sua vez, se inspiraram nos movimentos que tomaram conta da Alemanha durante os anos 80.

Os Black Blocks estão presentes em todo o mundo. (Foto:Divulgação)

Desde que os movimentos contracultura eclodiram no território alemão, os protestos dos Black Blocks não pararam de se propagar pelo mundo. Os manifestantes normalmente usam violência para serem “vistos” e possuem alguns alvos específicos, como as agências bancárias.

Entre as maiores batalhas dos Black Blocks, vale ressaltar a que aconteceu em Seattle, em novembro de 1999. Os protestos foram contra a reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC) e reuniram entre 40 e 100 mil pessoas. Para conter os manifestantes, os policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, balas de borracha, entre outras armas.

Top