Queda do bebê: primeiros socorros

As brincadeiras fazem parte da infância e são essenciais para que os pequenos consigam estimular a criatividade e a consciência corporal e que são…

As brincadeiras fazem parte da infância e são essenciais para que os pequenos consigam estimular a criatividade e a consciência corporal e que são extremamente importantes para o desenvolvimento das crianças. No entanto, é preciso que os pais tenham muito cuidado e que fiquem sempre atentos aos momentos de diversão, de modo a evitar machucados graves. Tendo isso em vista, conheça mais sobre os primeiros socorros na queda dos bebês.

Conheça os primeiros socorros em caso de engasgo.

Conheça os primeiros socorros em caso de queda de bebês. (Foto: divulgação)

Sabendo mais sobre o impacto das “quedas”

As quedas constituem um significativo problema entre as crianças, em especial, durante a primeira infância. Esse mecanismo pode determinar inúmeras consequências diretas e indiretas para os bebês que, em alguns casos, pode ser fatal.

Para se ter uma ideia da importância desse fato, no Brasil, ano passado, ocorreu um número significativo de internações entre crianças de até 14 anos de idade, Esse dado traz um custo hospitalar considerável os hospitais de todo o território nacional.

Conheça os tipos de quedas

Existem diferentes formas de quedas que possuem consequências diversas. Em geral, esse tipo de acidente costuma envolver diferentes tipos de traumas, entre eles:

  • Quedas ao solo;
  • Quedas de altura;
  • Quedas de escadas;
  • Quedas de equipamentos de recreação;
  • Queda de móveis;
  • Quedas decorrentes à prática de atividade física.

Principais quedas relacionadas com as idades

De maneira geral, cada faixa etária corresponde a um tipo de trauma. Os bebês apresentam maior risco de cair de móveis, escadas e até mesmo, andadores. Por outro lado, os pré-escolares estão mais sujeitos a queda de janelas e escadas. Já os escolares, a tendência é maior entre os acidentes no playground.

Diante de qualquer sinal ou sintoma suspeito após a queda, é imprescindível que os pais busquem a orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

Prestando os primeiros socorros

Algumas atitudes são imprescindíveis para que os pais consigam prestar os primeiros socorros para os bebês que sofreram quedas. Tendo isso em vista, conheça abaixo quais são essas questões fundamentais.

Leia Também:  Como deixar a casa perfumada

Primeiras atitudes

  • Segure a criança até ela parar de chorar e observe sintomas diferentes do usual;
  • Caso a criança esteja inconsciente após a queda, deixe-a do jeito que está;
  • Observe se a criança está respirando, caso ela não esteja, inicie as manobras de ressuscitação;

Acione a emergência

  • Caso a criança esteja inconsciente ou tenha algum trauma craniano sério, acione a emergência imediatamente;
  • Diante de uma vítima que esteja sonolenta, com irritabilidade, alteração do comportamento, convulsão e vômitos;
  • Caso a criança esteja sangrando pelo nariz, boca ou ouvidos;
  • Caso a crianças apresente alguma fratura.

    Os andadores são um dos principais responsáveis pela queda dos bebês. (Foto: divulgação)

As quedas são fatos que preocupam os pais, mas que fazem parte da infância. No entanto, diante do bebê que tenha sofrido queda, é muito importante que os pais tomem algumas atitudes. Após conhecer mais sobre os primeiros socorros sobre a queda do bebê, basta seguir as orientações, de modo a evitar futuras e graves consequências.

Conheça as principais técnicas de primeiros socorros.

Top