O que acontecerá com os beneficiários com o fim do Auxílio Emergencial?

Felipo Bellini 02/09/2021 Economia

Os beneficiários do Auxílio Emergencial que recebem as parcelas desde abril de 2021, sabem que houve a prorrogação até outubro com mais três parcelas e após este período chegará ao fim. 

No entanto, trabalhadores que recebem o Auxílio e são MEI com única fonte de renda do trabalho informal podem se dirigir ao CRAS ou CadÚnico mais próximo para realizar o cadastro, pois em novembro haverá um novo programa social que entra no lugar do Bolsa Família e se chama Auxílio Brasil.

Para quem é elegível e não teve o benefício emergencial suspenso, continuará a receber as parcelas até o término do programa. Os valores são de R$ 150,00 para uma pessoa, R$ 250,00 para mais de duas pessoas e R$ 375,00 direcionado às mães chefes de família.

Após fim do auxílio emergencial, como funcionará o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil entra no lugar do Bolsa Família no mês de novembro e tem como garantia manter as famílias inseridas no programa social anterior, desde que atualizem seu cadastro no CRAS ou CadÚnico. É importante que essas informações estejam sempre atualizadas.

O que acontecerá com os beneficiários com o fim do Auxílio Emergencial

Fonte/Reprodução: gov.br

Haverá um número maior de famílias inseridas no Auxílio Brasil com cerca de 1,4 milhões que permanecem na fila para concessão do Bolsa Família e já estão inscritos no mesmo, porém não recebem a distribuição de renda.

Principais requisitos para se enquadrar no Auxílio Brasil:

  • Famílias em situação de extrema pobreza e que recebem o valor de R$ 89 por pessoa;
  • Famílias em pobreza que tenham renda de R$ 89 até R$ 178 por pessoa;
  • Possuir inscrição no CadÚnico.

Portanto, é necessário que os interessados estejam inscritos no Cadastro Único de Informações Sociais.

Benefício de Prestação Continuada

Idosos que tiverem 65 anos e possuírem baixa renda, assim como pessoas deficientes independentemente da idade poderão obter o BPC/Loas. Porém, para ter acesso ao programa deverá ser de baixa renda:

  • É importante estar inserido no CadÚnico;
  • Comprovar que a família tenha uma renda de ¼ por pessoa, que seria o valor de R$ 275,00.

O BPC dá como garantia o valor de um salário mínimo, no caso, R$ 1.100 no ano de 2021.

Outros artigos

Loja Virtual do Barcelona

20/01/2012

Loja Virtual do Barcelona

[caption id="attachment_380964" align="aligncenter" width="600" caption="Lionel Messi, jogador do Barcelona (Foto: Divulgação)"][/caption] O time nasceu em 1899, ...

Simpatias para atrair amor em 2013

31/12/2012

Simpatias para atrair amor em 2013

Depois de paz, saúde e dinheiro no bolso, o amor é um desejo de Ano Novo frequente. Algumas pessoas chegam a abandonar o branco tradicional de Réveillon e adotam o r...

Curso Superior Gratuito de Nutrição 2011

22/09/2010

Curso Superior Gratuito de Nutrição 2011

Realizar o curso superior de nutrição 2011 em Goiás é uma excelente alternativa, pois além de ser um curso bem requisitado é gratuita esta graduação tem como obj...