quarta-feira, 28 de setembro de 2022 - 28/09/2022 16:39:57
MundodasTribos

Os beneficiários do Auxílio Emergencial que recebem as parcelas desde abril de 2021, sabem que houve a prorrogação até outubro com mais três parcelas e após este período chegará ao fim. 

No entanto, trabalhadores que recebem o Auxílio e são MEI com única fonte de renda do trabalho informal podem se dirigir ao CRAS ou CadÚnico mais próximo para realizar o cadastro, pois em novembro haverá um novo programa social que entra no lugar do Bolsa Família e se chama Auxílio Brasil.

Para quem é elegível e não teve o benefício emergencial suspenso, continuará a receber as parcelas até o término do programa. Os valores são de R$ 150,00 para uma pessoa, R$ 250,00 para mais de duas pessoas e R$ 375,00 direcionado às mães chefes de família.

O que este artigo aborda:

Após fim do auxílio emergencial, como funcionará o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil entra no lugar do Bolsa Família no mês de novembro e tem como garantia manter as famílias inseridas no programa social anterior, desde que atualizem seu cadastro no CRAS ou CadÚnico. É importante que essas informações estejam sempre atualizadas.

O que acontecerá com os beneficiários com o fim do Auxílio Emergencial

Fonte/Reprodução: gov.br

Haverá um número maior de famílias inseridas no Auxílio Brasil com cerca de 1,4 milhões que permanecem na fila para concessão do Bolsa Família e já estão inscritos no mesmo, porém não recebem a distribuição de renda.

Principais requisitos para se enquadrar no Auxílio Brasil:

  • Famílias em situação de extrema pobreza e que recebem o valor de R$ 89 por pessoa;
  • Famílias em pobreza que tenham renda de R$ 89 até R$ 178 por pessoa;
  • Possuir inscrição no CadÚnico.

Portanto, é necessário que os interessados estejam inscritos no Cadastro Único de Informações Sociais.

Benefício de Prestação Continuada

Idosos que tiverem 65 anos e possuírem baixa renda, assim como pessoas deficientes independentemente da idade poderão obter o BPC/Loas. Porém, para ter acesso ao programa deverá ser de baixa renda:

  • É importante estar inserido no CadÚnico;
  • Comprovar que a família tenha uma renda de ¼ por pessoa, que seria o valor de R$ 275,00.

O BPC dá como garantia o valor de um salário mínimo, no caso, R$ 1.100 no ano de 2021.

O conteúdo "O que acontecerá com os beneficiários com o fim do Auxílio Emergencial?" foi feito por Felipo Bellini e distribuído por MundodasTribos na categoria Economia em .

Felipo Bellini

Empresário, Tradutor e professor formado em Letras Inglês. Atualmente gerencio a empresa Tutora.me - Uma rede social de educação que visa a interação entre professores e alunos - e a empresa Traduza.biz - especializada em tradução acadêmica.

1

Pode ser do seu interesse

Opções de franquias escolares

Opções de franquias escolares

Dicas para economizar na hora de organizar sua viagem

Dicas para economizar na hora de organizar sua viagem

Marcas que mais cresceram no Facebook durante a Copa

Marcas que mais cresceram no Facebook durante a Copa

Dicas para gastar menos na balada

Dicas para gastar menos na balada

Como lidar com a concorrência: dicas

Como lidar com a concorrência: dicas

Como acompanhar o resultado da perícia médica no site do INSS?

Como acompanhar o resultado da perícia médica no site do INSS?