Pós-parto: dúvidas frequentes

O período pós-parto pode ser bastante delicado, especialmente para as mamães de primeira viagem, pois além da necessidade de se adaptar a uma situação…

O período pós-parto pode ser bastante delicado, especialmente para as mamães de primeira viagem, pois além da necessidade de se adaptar a uma situação completamente nova, muitas dúvidas podem surgir com relação aos cuidados com o recém-nascido, a cirurgia e gestações futuras. Acabe com a curiosidade e confira as respostas para as dúvidas mais frequentes no pós-parto.

Confira algumas dicas de beleza pós-parto.

O período pós-parto pode ser complicado para algumas mulheres. (Foto: divulgação)

Principais dúvidas do pós-parto

  • É normal os pés continuarem edemaciados depois do parto?

Sim, é totalmente normal e não é preciso ficar preocupada com relação a isso. O edema nos membros inferiores ocorre porque a gestante tem maior propensão a reter líquidos, que tende a ir diminuindo com o tempo nas puérperas. Outro fator agravante é o uso de medicações que ajudam na contração uterina, mas que também podem funcionar como antidiuréticos.

  • Quanto tempo o leite demora a descer?

Normalmente a descida do leite ocorre entre 3 a 5 dias depois do parto. Antes desse período é normal a saída de colostro, um líquido de aspecto aquoso levemente esbranquiçado, muito importante para a proteção do recém-nascido. Mulheres submetidas a parto vaginal espontâneo costumam iniciar a lactação mais precocemente.

  • Pode haver febre após o parto?

Sim, é possível ocorrer febre baixa (no máximo 38˚C) durante as primeiras 48 horas após o parto, que regride com facilidade e não costuma cursar com outros sintomas. Esse processo é decorrente das mudanças metabólicas bruscas sofridas pelo organismo da mulher.

A amamentação é um dos temas que mais gera dúvidas. (Foto: divulgação)

  • O seio esquenta antes de o leite descer?

Normalmente um dia antes de o leite descer a mama costuma aumentar a temperatura local, o que é natural e não significa nenhum tipo de problema. É importante não confundir esse episódio com febre.

  • Como fazer para ter mais leite e evitar que empedre?
Leia Também:  Aparelhos de Pressão Casas Bahia

O leite é produzido em constituição e quantidade específicos para cada bebê. Portanto, a melhor dica para evitar problemas e aumentar a produção de leite é deixar que o pequenino mame à livre demanda. É importante oferecer primeiro um dos seios, deixando que a criança o esvazie por completo, para só então oferecer a outra mama. É fundamental conferir se o pequeno está com boa pega, para evitar problemas como fissuras nos seios.

  • É normal sentir dor abdominal toda vez que amamenta?

Sim. Isso acontece porque durante as mamadas é liberado um hormônio que estimula a produção de leite e que ao mesmo tempo age no útero, fazendo com que se contraia e podendo causar dor ou desconforto. Apesar de incômoda, essa situação previne a mãe de hemorragias.

  • Em quanto tempo é possível retomar a atividade sexual?

O recomendado é que seja realizado um período de resguardo de 40 dias. As recomendações mudam conforte o tipo de parto (parto vaginal espontâneo ou cesárea) e se foi realizada episiotomia ou não, mas, de qualquer forma, é fundamental respeitar, no mínimo, os 10 primeiros dias pós parto, onde o risco de infecção é muito elevado.

Entenda as principais causas de depressão pós-parto.

É muito importante respeitar o período de resguardo. (Foto: divulgação)

O pós-parto é um momento delicado, onde a mulher se encontra fragilizada e cheia de dúvidas, especialmente nos casos do nascimento do primeiro filho. Para facilitar a vida e acabar com as dúvidas, é só conferir o esclarecimento de algumas das principais queixas desse período.

Top