Papa excomunga austríaca que celebra missa em casa

O papa excomungou uma austríaca que celebra missa em casa. A mulhere é presidente e co-fundadora do movimento católico “Nós Somos a Igreja”, que…

O papa excomungou uma austríaca que celebra missa em casa. A mulhere é presidente e co-fundadora do movimento católico “Nós Somos a Igreja”, que acredita que as missas podem ser celebradas sem precisar de um representante da igreja católica, além de poder ser fora de uma igreja, algo muito incomum.

Papa excomunga casal austríaco (Foto: Divulgação)

Veja mais informações sobre: Maradona Exige Que Papa Mude Vaticano

Papa excomunga austríaca que celebra missa em casa

O movimento católico “Nós Somos a Igreja” foi fundado pela austríaca Martha Heizer, de 67 anos, junto com seu marido Gert. De acordo com informações do jornal “Tiroler Tageszeitung” e segundo dados divulgados pela agência católica “Kath.net”, o papa excomungou a mulher e disse que esse tipo de ato é inadmissível.

Saiba mais informações sobre: Mulheres de padres escrevem para papa pedindo liberação do celibato

Missas em casa e sem um padre é um delito grave para o Vaticano

De acordo com informações da imprensa austríaca, o Vaticano achou que o que a mulher fez foi um “delito grave”. Realizar missas celebradas sem sacerdotes na residência do casal, em Absam, foi visto como algo ofensivo e pecaminoso.

Papa e Vaticano são contra celebrações de missa sem sacerdote (Foto: Divulgação)

Confira mais informações sobre: Papa sai disfarçado de madrugada para encontrar sem-teto

Casal austríaco está indignado com decisão do papa

“Estamos indignados”, afirmou Martha e Gert. O casal austríaco defendem reformas na doutrina católica e estão se sentindo ofendidos com a postura do papa. O casal tinha se recusado a aceitar a decisão da Igreja. A excomunhão é a penalidade mais grave que a Igreja Católica pode impor a um cristão.

Top