Orelhas rasgadas: o que fazer?

Saiba mais sobre orelhas rasgadas: o que fazer. O uso de brincos pesados e alargadores pode aumentar demais o buraco da orelha. O problema,…

Saiba mais sobre orelhas rasgadas: o que fazer. O uso de brincos pesados e alargadores pode aumentar demais o buraco da orelha. O problema, chamado de distensão do lóbulo, pode acabar causando a ruptura da pele com o passar dos anos.

Orelhas rasgadas: o que fazer. (Foto Ilustrativa)

Orelhas rasgadas: o que fazer. (Foto Ilustrativa)

Rasgar a orelha por causa de brincos ou alargadores é uma situação bastante difícil. Além da dor causada pelo corte, é preciso encontrar formas de reparar o problema para não prejudicar a aparência. O meio mais indicado pelos médicos é a cirurgia de reconstrução do lóbulo.

Leia mais: Cuidados necessários com as orelhas furadas

Orelhas rasgadas: o que fazer?

Algumas mulheres costumam usar brincos grandes, vistosos e pesados. Esse tipo de acessório força demais a pele e, com o tempo, acaba rasgando a orelha. Outro fator responsável pela distensão do lóbulo é a modificação corporal com alargadores, que aumenta muito o tamanho do furo e leva ao rompimento da pele.

Veja a seguir algumas dicas para lidar com orelhas rasgadas: o que fazer:

Cirurgia de reconstrução

A melhor solução é a cirurgia de reconstrução. (Foto Ilustrativa)

A melhor solução é a cirurgia de reconstrução. (Foto Ilustrativa)

A melhor forma de recuperar a orelha rasgada é através da reconstrução do lóbulo. Essa cirurgia plástica costuma ser bem simples e tem como objetivo tornar o furo pequeno novamente.

Para realizar o procedimento, o cirurgião aplica anestesia local na orelha. Já a técnica utilizada varia de acordo com as necessidades do paciente. O objetivo é sempre fechar o rasgão e restaurar um furo pequeno, para que seja possível usar brincos levinhos no futuro.

Após a cirurgia de reconstrução, a orelha fica levemente inchada e dolorida. É preciso tomar alguns cuidados pós-cirúrgicos para não desenvolver uma inflamação. A recuperação é bem rápida, afinal, o paciente pode retomar as suas atividades normalmente 24 horas depois do procedimento.

Continuar Lendo  Estrabismo na infância: como tratar?

Saiba mais: Cirurgia para corrigir orelha de abano: preço

Uso de brincos e alargadores

Não volte a usar brincos ou alargadores imediatamente. O ideal é esperar em média 6 semanas para fazer um novo furo e usar um acessório na orelha. Os brincos pesados e alargadores não são recomendados para quem passou por uma reconstrução do lóbulo.

Enquanto a orelha estiver em recuperação, é permitido usar brincos de pressão, assim que os pontos forem removidos.

Opte por brincos pequenos e leves. (Foto Ilustrativa)

Opte por brincos pequenos e leves. (Foto Ilustrativa)

O novo furo

O novo furo na orelha não pode ser feito sobre a cicatriz, pois isso aumenta o risco de uma nova ruptura da pele. Escolha uma área diferente da orelha para colocar novos acessórios.

Veja também: Cirurgia Plástica Gratuita | Cirurgia Estética Grátis

Agora você já sabe tudo sobre orelhas rasgadas: o que fazer. Caso o seu lóbulo tenha se rompido, procure um cirurgião plástico para tratar o problema e fazer a reparação com segurança. Continue no Mundo das Tribos e veja outras matérias sobre cirurgia plástica.

 

Top